Olhar Direto

Segunda-feira, 27 de setembro de 2021

Notícias | Cidades

Unidades estaduais

Revezamento, distanciamento e áreas comuns; veja como funcionará retorno às aulas em MT

Foto: Harleid Claiton

Revezamento, distanciamento e áreas comuns; veja como funcionará retorno às aulas em MT
O governo de Mato Grosso detalhou como funcionará o retorno das aulas nas unidades estaduais, a partir do dia 03 de agosto. Entre as regras estabelecidas estão o revezamento das turmas semanalmente, distanciamento nas salas e uso ordenado de áreas comuns. Estudantes com comorbidades poderão continuar com atividades remotas, assim como aquelas em que os pais não se sentirem seguros de enviá-los.

Leia mais:
Governo confirma retorno das aulas no início de agosto em Mato Grosso
 
Todas as unidades possuem plano de contingência contra a Covid-19, receberam as orientações sobre a nova forma de funcionamento e todas as medidas que precisam ser adotadas em casos suspeitos ou confirmados do novo coronavírus.
 
A primeira semana será de acolhimento aos profissionais e estudantes. Nos dias 2 e 3 de agosto a Seduc realiza lives inaugurais de volta às aulas na modalidade híbrida, voltadas a todos os servidores.
 
O acolhimento aos estudantes começa na quarta-feira (04.08), em revezamento elaborado por cada unidade escolar. Na primeira semana, os alunos serão recebidos em dias alternados. Eles foram divididos em Grupo A e Grupo B. A divisão foi feita por cada unidade escolar, responsável pela comunicação aos pais.
 
No dia 04 de agosto vão para as escolas os estudantes do Grupo A. No dia 05 será a vez dos estudantes do Grupo B. Esses dois dias serão fundamentais para que os estudantes conheçam como as escolas vão funcionar.
 
A partir do dia 10 de agosto começa o revezamento semanal.  Desta forma, do dia 10 ao dia 14 de agosto estarão de forma presencial os integrantes do Grupo A. Na semana seguinte, dos dias 17 a 21, será a vez dos estudantes do Grupo B. E assim consecutivamente.
 
Na semana que o estudante não estiver em atividade presencial, terá estudo dirigido. É importante ressaltar que pais e responsáveis poderão visitar as escolas e tirar dúvidas. Para isso, é necessário fazer agendamento com a direção da unidade escolar para evitar aglomerações.
 
Organização das salas de aula
 
Dentro da sala de aula é obrigatório manter o distanciamento social de 1,5 metro e usar a máscara de proteção facial. As carteiras e mesas estarão organizadas em uma mesma direção.
 
Exceções
 
Caso o responsável pelo estudante decida mantê-lo em atividade 100% remota, deverá assinar um termo de responsabilidade, se comprometendo a retirar e devolver as atividades no período estipulado pela escola; acompanhar a rotina de estudos; apoiar e incentivar o estudante na realização das avaliações; incentivar a participação nos simulados, para estudante matriculado no ensino médio; incentivar a participação no concurso de redação, para estudante matriculado no 3º ano do ensino médio. Em caso de atividades que o estudante não consiga desenvolver, deverá ser registrada por este uma observação para o professor.
 
Quanto aos estudantes com comorbidades, a orientação é que continuem em atividades 100% remotas neste primeiro momento, mas a participação presencial poderá ocorrer desde que o responsável assine um termo de autorização na unidade escolar.
 
Estudantes atendidos exclusivamente de forma remota terão sua presença computada, considerando: 25% da frequência, ao retirar as atividades e 75% da frequência, ao devolver as atividades.
 
Áreas comuns
 
Considerando que os grupos estarão com um número menor de estudantes por sala de aula, também poderão ser utilizados outros espaços, como quadras poliesportivas, pátios e/ou áreas de lazer, de modo que as medidas de biossegurança sejam respeitadas.
 
As equipes gestoras foram orientadas a planejar momentos de intervalo e lanche diferentes, com áreas de circulação demarcadas, para facilitar a limpeza.
 
Lives
 
Na segunda-feira (02/08), será realizada a primeira aula inaugural do retorno das aulas na modalidade híbrida. Será às 9h, na Igreja Batista Nacional (IBN), bairro Cristo Rei.
 
A live terá palestras com Cláudia Costin – “Recuperação da Aprendizagem Pós-Pandemia” – e Camila Cury – “O acolhimento socioemocional no retorno das atividades presenciais”.
 
Ela será transmitida ao vivo, pelo canal da Seduc no YouTube.
 
Na terça-feira (03/08), a live será realizada no Anfiteatro Zulmira Paes de Barros, na Assembleia Legislativa, a partir das 8h30, e poderá ser acompanhada pela internet.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet