Olhar Direto

Terça-feira, 28 de setembro de 2021

Notícias | Cidades

Nesta manhã

Acusado de assassinar homem com nove tiros morre após tentar fugir de operação

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Acusado de assassinar homem com nove tiros morre após tentar fugir de operação
Um foragido da Cadeia de Lucas do Rio Verde morreu, na manhã desta sexta-feira (30), no Hospital Regional de Sinop (447 quilômetros de Cuiabá), onde estava internado após ser baleado em uma operação da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos (Derf), no bairro Vila Santana. Ele é acusado de ter participado do assassinato de um homem com nove tiros.

Leia mais:
Bandido morre em troca de tiros com a Polícia Militar durante assalto em granja
 
Em maio, o homem havia fugido da cadeia. A operação desta sexta-feira teve início após o furto a casa de um empresário em Sinop. “Fizemos diligências junto com a PM e foi localizado o veículo utilizado. Estes dois elementos conseguiram fugir de Sinop, e a gente teve informação de que eles teriam possivelmente ido para Alta Floresta com a missão de executar uma pessoa. Não sabíamos quem era, mas no dia seguinte a delegacia de Alta Floresta confirmou uma morte”, explicou o delegado Ugo Ângelo Reck, ao Só Notícias.
 
Segundo Reck, a principal suspeita é que o homem morto e um comparsa tenham executado Weverton dos Santos Alves, de 20 anos, com nove tiros de pistola calibre .380. O jovem foi assassinado no último dia 26, na residência onde morava, na rua Cambará, bairro Jardim das Oliveiras, em Alta Floresta.
 
De acordo com o delegado, após a execução de Weverton, os dois criminosos voltaram para Sinop, onde iriam cometer outros delitos. A equipe então conseguiu localizar onde ele estava e deflagrou a operação.
 
O homem tentou fugir e os policiais realizaram um disparo para o alto. Porém, o criminoso não parou e ainda se virou para a equipe com a mão na cintura, fazendo menção de sacar uma arma.
 
Os policiais então realizaram mais um disparo, que atingiu o acusado na cabeça. Ele foi socorrido, mas chegou em estado gravíssimo no Hospital Regional.
 
Nesta sexta-feira, a morte cerebral do homem foi confirmada. O outro suspeito foi levado à delegacia e deve ser encaminhado para o presídio. Um terceiro homem também foi preso, acusado de abrigar os dois fugitivos. 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet