Olhar Direto

Sábado, 23 de outubro de 2021

Notícias | Picante

Escândalo nacional

Pivetta se distancia da possibilidade de disputar vice novamente após denúncia da esposa

Foto: Mayke Toscano/Secom-MT

Escândalo nacional
O escândalo nacional envolvendo o vice-governador Otaviano Pivetta (sem partido) pode pôr fim a qualquer chance de uma reedição da chapa vitoriosa de 2018, em que Mauro Mendes (DEM) foi eleito governador ao lado do então pedetista. O nome de Pivetta, que foi indiciado por suposta agressão contra a esposa Viviane Cristina Kawamoto Pivetta, era defendido e colocado como candidato natural para eventual reeleição em 2022. Fora do PDT desde o ano passado, tem sido bastante cortejado por partidos como o MDB, que projeta ocupar algum espaço na chapa majoritária no próximo pleito. A acusação de agressão e o fato de Viviane ter afirmado que a briga em Itapema (SC) no dia 7 de julho não foi a primeira situação de violência, pode inviabilizar qualquer projeto político do vice-governador, que apesar do incentivo dos aliados, decidiu só confirmar pré-candidatura no ano que vem. Além disso, politicamente, o escândalo acaba por favorecer partidos e políticos que sonham com a vaga.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Mais Picantes

Comentários no Facebook

Sitevip Internet