Olhar Direto

Terça-feira, 26 de outubro de 2021

Notícias | Política MT

Problema eterno

Presidente do DAE diz que tempo seco leva a mais consumo de água: ‘estamos distribuindo o que tem’

16 Ago 2021 - 11:00

Da Redação - Isabela Mercuri / Do Local - Max Aguiar

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Presidente do DAE

Presidente do DAE

O presidente do Departamento de Água e Esgoto (DAE) de Várzea Grande, Carlos Alberto Simões de Arruda, afirmou que apesar de haver a ‘sensação’ de que há menos água sendo distribuída na cidade, o problema é inverso: maior consumo no tempo seco. Ainda segundo o presidente, o DAE distribui “o que tem”, mas há planejamento para que sejam construídas outras unidades de tratamento e, assim, diminua o sofrimento dos várzea-grandenses.

Leia também:
Moradores protestam na porta da Prefeitura de Várzea Grande: "Não vai água, mas a fatura vai"

Na última sexta-feira (13), cerca de 50 pessoas se manifestaram contra os serviços prestados pelo Departamento de Água e Esgoto (DAE), em frente à prefeitura, com baldes, cartazes e roupas sujas. Entre os relatos, alguns apontaram falta de água de até um mês. Na ocasião, o presidente do DAE chegou a discutir com um morador, inclusive com palavras de baixo calão.

“Toda manifestação é justa, mas a gente tem que cumprir um ritual de respeito e ter o compromisso de saber o que é possível ser feito e o que está sendo feito. Eu tentei naquele momento fazer uma comissão e conhecer o que está sendo feito por aquelas pessoas, para eles entenderem aquilo que está sendo feito e todo o investimento que está sendo dado”, se justificou Carlos Alberto. “Teve um momento lá que foi acalorado devido à falta de respeito de um consumidor – teoricamente, não me apresentou conta, mas diz ele que é consumidor - e a gente tem o compromisso de atender toda a população de Várzea Grande. Nós temos 300 mil habitantes e a gente tem compromisso de atender a todos eles. O que estamos fazendo inicialmente? Estamos aumentando o volume de água produzido para poder atender toda a população de Várzea Grande e depois fazer os ajustes que precisam ser feitos”, completou.

Segundo o presidente do DAE, não foi toda a cidade que ficou sem água, e o departamento faz o possível para resolver o problema. “A verdade é que hoje, com essa crise hídrica, a seca que está muito forte, isso aumenta muito o consumo de água. Se a gente pegar hoje uma umidade com em torno de 10, 12% do ar, o consumo de água é muito maior do que anteriormente, então dá a sensação de que a gente está tendo falta de água, mas o volume de água produzido é o mesmo, e está sendo distribuído. O que a gente está fazendo: a gente está distribuindo aquilo que é possível e o que tem. O que a gente tem feito agora: aumentar a produção de água para distribuir melhor”.

Carlos ainda argumentou que grande parte da população de Várzea Grande tem cacimbas ou poços caipiras em casa, mas, nesta época de seca, eles secam e o morador acaba exigindo mais da rede de água. Como solução, ele apontou a construção de três novas estações, sendo uma no Cristo Rei, uma na Barra do Pari e uma em Bonsucesso. “Vamos dobrar o volume de água produzido e aí sim a gente pode fazer o atendimento à população como a população merece, com água pelo menos 12 horas por dia, todos os dias, todos os bairros”, prometeu.

Além disso, ele garante que o DAE irá investir em melhorar as adutoras, a distribuição e fazer uma padronização, com instalação de hidrômetro, para que a cobrança seja justa tanto ao consumidor quanto ao departamento. “Está sendo programado. Esse investimento, à medida em que a gente vai aumentando a nossa arrecadação, esse retorno é para poder fazer esses investimentos. Nós estamos com as licitações já feitas, agora estamos finalizando as homologações, estamos fazendo as tratativas com as empresas vencedoras para poder, junto com o DAE, fazer esses ajustes que precisam ser feitos. Não é um serviço da noite para o dia”, finalizou. Segundo Carlos, os investimentos serão tanto de recursos próprios da Prefeitura quanto R$ 20 milhões de um empréstimo feito com a Caixa Econômica.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet