Olhar Direto

Domingo, 17 de outubro de 2021

Notícias | Política MT

vinda do ministro

Mauro diz que aumento do preço da gasolina é culpa da Petrobrás e nega ‘desencontro’ com Bolsonaro

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Mauro diz que aumento do preço da gasolina é culpa da Petrobrás e nega ‘desencontro’ com Bolsonaro
O governador Mauro Mendes (DEM) rebateu a fala do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) e afirmou que o Governo de Mato Grosso não aumenta o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) há dez anos, e a culpa pelos altos preços de combustível e gás de cozinha é da Petrobrás.

Leia também:
Em Cuiabá, Bolsonaro diz que gás e gasolina estão baratos e confirma manifestação em 7 de setembro

“Há dez anos ou mais o ICMS no estado de Mato Grosso não mudou. É o mesmo ICMS. No gás, por exemplo, é 12%. É o ICMS mais barato entre todos os estados brasileiros. 12% de 120, 130 reais, dá 15 reais. Então se está custando R$ 120, R$ 130, tira o ICMS que é R$ 12, R$ 15, não dá essa conta toda aí. Acho que a explicação não bate, infelizmente a Petrobrás, a refinaria subiu mais de 50% a gasolina, isso é verdade, não tem como falar diferente disso. O ICMS de Mato Grosso nunca subiu na minha administração e nunca subiu ao longo dos últimos dez anos, então se subiu, e está subindo na bomba, está muito caro, a Petrobrás é a responsável por todos os aumentos”, declarou o governador na manhã desta sexta-feira (20).

Durante sua visita a Cuiabá nesta quinta-feira (19), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que o gás de cozinha e a gasolina estão ‘baratos’, e o que estava caro era o ICMS. “Gás de cozinha, está caro ou está barato? R$ 130 o bujão, né? Mentira, está R$ 45. O Governo Federal zerou o imposto do gás de cozinha. A gasolina está cara ou barata? Está barato, está R$ 1,95. O imposto federal de R$ 0,74. O restante é ICMS, é frete e é margem de lucro. O que nós brigamos no parlamento? Para regulamentar uma emenda constitucional de 2001, onde o ICMS tem que ser um valor nominal, e cada estado fixa seu ICMS. O Governo Federal não reajustou PIS/COFINS desde janeiro de 2019”, afirmou Bolsonaro.

Apesar desta declaração, Mauro desconversou sobre um possível ‘desencontro’ com o presidente. No início da semana, houve a informação de bastidor de que o presidente almoçaria com o governador no Palácio Paiaguás. No entanto, Bolsonaro almoçou no São Gonçalo Beira Rio na Associação de Sargentos, Subtenentes, Oficiais Administrativos e Especialistas Ativos e Inativos (Assoade).

“Quem falou desse almoço mentiu descaradamente. É lamentável que as pessoas fiquem espalhando mentiras, as redes sociais é algo tão bom, mas tem alguns malandros que ficam espalhando fake news o tempo todo. Nunca existiu combinado nenhum de almoço por parte do Governo do Estado”, afirmou o governador.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet