Olhar Direto

Sábado, 16 de outubro de 2021

Notícias | Variedades

Vitaminas, probióticos e outras maneiras naturais de estimular o sistema imunológico e prevenir o coronavírus

Foto: Assessoria

Vitaminas, probióticos e outras maneiras naturais de estimular o sistema imunológico e prevenir o coronavírus
Enquanto a Covid-19 reivindicou o isolamento social, o uso de máscaras de proteção, o reforço nas medidas de higiene e uma corrida sem precedentes pela vacinação da população mundial, imunologistas e especialistas em fitomedicina focaram na imunoestimulação como uma das armas de combate à doença.

Embora as campanhas de imunização já estejam contribuindo para a diminuição da contaminação e alguns tratamentos antivirais (não específicos para a Covid-19) têm dado suporte no tratamento do coronavírus, muitos especialistas acreditam que é preciso continuar de olho nas suas novas cepas.

Como a Covid-19 vem com sintomas semelhantes aos de gripe e resfriados, algumas vitaminas e minerais podem ser úteis para estimular o sistema imunológico e combater a doença, da mesma forma que ajudam a superar um resfriado ou gripe.

Então, este ainda é um ótimo momento para fortalecer a imunidade para combater o vírus. Se o sistema imunológico estiver funcionando muito bem, é menos provável que ocorra uma infecção grave.

De acordo com especialistas, os suplementos e alimentos ricos em certas vitaminas e minerais são fundamentais para isso. Então, como é possível manter o sistema imunológico saudável durante esse tempo?

Aqui estão os principais complementos alimentares que os adultos devem considerar tomar:

Vitamina C


A vitamina C foi aclamada durante anos como uma fonte benéfica para o sistema imunológico.  Geralmente, essa vitamina pode ajudar a combater um resfriado mais rápido ou aliviar seus sintomas, se for consumida antes da doença. Como um antioxidante, a vitamina C pode ajudar a reduzir a inflamação – e a inflamação pulmonar é um sintoma grave de Covid-19, podendo causar dificuldade respiratória ou até morte.

Portanto, é indicado consumir alimentos ricos em vitamina C como suco de laranja, vegetais e frutas cítricas no dia a dia. Como suplemento vitamínico, a laranja moro contém elevada concentração de vitamina C e é uma ótima opção para fortalecer a imunidade.

Vitamina D

Na maioria das vezes é possível obter vitamina D através da exposição ao sol, mas quando isso não é possível, a alternativa é repor seus níveis através de um suplemento. Alguns estudos mostram que baixos níveis de vitamina D têm sido associados a um maior risco de desenvolver problemas respiratórios em adultos e crianças.

Como a vitamina D contribui para o sistema imunológico funcionar bem, supõe-se que níveis adequados ajudem o organismo num momento crítico, inclusive em relação à Covid-19. É possível também aumentar a ingestão de alguns alimentos ricos em vitamina D, como peixes e gema de ovo.

Zinco

O zinco é um mineral crucial para o funcionamento das células que interferem em parte do sistema imunológico. Alguns estudos demonstram que concentrações aumentadas de zinco podem ajudar a reduzir a duração dos resfriados por rinovírus e inibir a replicação de vírus, inclusive o SARS-CoV2.

O zinco também ajuda a melhorar os sintomas de congestão nasal, drenagem nasal, dor de garganta e tosse, além de produzir e ativar as células T (linfócitos t), que fazem o corpo reagir à infecções, de acordo com o National Institutes of Health (NIH).

Para uma suplementação mais natural a Chlorella é uma ótima alternativa, pois essa microalga é uma boa fonte de minerais como zinco, fósforo, ferro, manganês, cobre, magnésio e cálcio, além de ser excelente fonte de proteína.

Vitaminas do complexo B

A vitamina B3 (niacina) ajuda o sistema imunológico, reduzindo a inflamação e os danos aos pulmões. Os alimentos ricos em vitamina B3 incluem frango, carnes, peixes, grãos, feijões, legumes e castanhas.

A B6 (piridoxina) também é essencial para manter a imunidade nas melhores condições e pode ser obtida com a ingestão diária de cereais, nozes, banana, salmão e fígado, ou com suplemento polivitamínico.

Já a vitamina B9 (folato e ácido fólico) pode prevenir infecções respiratórias em crianças. Alimentos ricos em B9 incluem folhas verdes com espinafre, legumes, amendoim e fígado.

Nutrientes importantes para ingerir através de alimentos especiais:

Pessoas adultas devem incluir vários outros nutrientes em sua dieta por meio dos alimentos. Embora esses nutrientes não tenham demonstrado comprovadamente a ajuda na luta contra a Covid-19, eles estimulam o sistema imunológico em geral, portanto, consumi-los por meio da alimentação é um sábio caminho a percorrer.

Os probióticos, por exemplo, bactérias benéficas que vivem no intestino, melhoram a saúde geral do organismo e são úteis para o sistema imunológico, inclusive, têm a capazes de prevenir gripes, resfriados e infecções do trato respiratório superior. Os probióticos estão presentes no iogurte, no leite fermentado, no kefir, nos alimentos fermentados à base de soja, no chucrute, nos pães de longa fermentação, entre outros.

Os cogumelos são ricos em selênio e vitaminas B, como a riboflavina e a niacina, necessárias para manter o sistema imunológico funcionando perfeitamente. Eles também contêm polissacarídeos, moléculas semelhantes ao açúcar que aumentam a função imunológica.

O alho tem propriedades antivirais que podem ser úteis na redução da gravidade dos sintomas de resfriados, gripes ou infecções. O alho pode, inclusive, encurtar a duração de um resfriado. As substâncias alicinas presentes no alho têm ação antioxidante e podem estimular e fortalecer a imunidade.

Uma dieta mediterrânea com baixo teor de carboidratos, rica em frutas e vegetais de diferentes cores, também pode dar uma melhor chance de obter a grande variedade de fitonutrientes, antioxidantes e anti-inflamatórios de que o corpo precisa para combater infecções. Quanto mais cores no prato, maior a quantidade de nutrientes.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet