Olhar Direto

Domingo, 16 de janeiro de 2022

Notícias | Política MT

2022

José Lacerda diz que Mauro Mendes deveria ser ‘alternativa’ como candidato a presidente: ‘tem gabarito’

Foto: Josi Pettengill/Secom-MT

José Lacerda diz que Mauro Mendes deveria ser ‘alternativa’ como candidato a presidente: ‘tem gabarito’
O suplente de senador e atual presidente interino do MDB em Cuiabá, José Lacerda, afirmou que o governador Mauro Mendes (DEM) seria uma boa alternativa se fosse candidato a presidente da República em 2022. Para Lacerda, Mendes tem “gabarito” para tal e sabe dizer os ‘nãos’ necessários.

Leia também:
Mauro diz que PMs e funcionários públicos que participarem de protestos em horário de trabalho serão penalizados

“Mauro Mendes é um governador que está fazendo um belo de um trabalho e poderia até ter a coragem de botar a cara nessa próxima eleição para vir como presidente da República num processo alternativo, porque tem competência para isso, tem gabarito para isso, tem competência para isso. Num processo alternativo, porque hoje o que nós temos é uma disputa entre presidente da República e o Lula. Então uma disputa que não interessa para o Brasil, esse modelo de disputa política. Para o Brasil interessa um modelo de disputa que vai discutir a dívida pública nacional”, afirmou nesta quarta-feira (1).

Para Lacerda, é necessário haver uma ‘revisão política’ no país, e Mato Grosso poderia dar sua contribuição “com exemplo inclusive do que o governador Mauro Mendes está construindo para o estado”, defendeu. “Mauro Mendes já construiu mais asfalto do que o Brasil inteiro construiu, e é um dos poucos estados da federação que tem dinheiro em caixa para pagar tudo em dia. Teve que fazer uma gestão dura? Teve. Mas todas as empresas que foram flexíveis faliram. Então a flexibilidade não significa competência”, completou.

O presidente interino também comentou sobre a ‘briga política’ dentro do MDB, principalmente entre a deputada Janaina Riva e o prefeito Emanuel Pinheiro, e argumentou que isso acontece em todos os partidos grandes. “Todos os partidos que crescem, têm disputa interna. Qualquer partido que não tiver disputa interna é porque está acabado. Como o MDB é um partido muito forte, eu vou te dar um exemplo, quando eu disputei minha eleição de deputado em 1986, na minha cidade de Cáceres, que era uma cidade pequena, com eleitorado pequeno, tiveram 16 candidatos a deputado para concorrer a uma vaga. Então isso é muito bom, quando tem essa disputa, me preocupa o partido que não tem disputa interna. Ela não é uma disputa pessoal, ela é uma disputa de natureza política de ocupação de espaço político, de crescimento político, então isso é muito bom. Porque Emanuel é um grande líder, é um prefeito que está fazendo uma boa administração, ninguém pode negar isso. A deputada Janaina é uma grande líder, ninguém pode negar a liderança dela”, afirmou.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet