Olhar Direto

Quarta-feira, 29 de junho de 2022

Notícias | Cidades

Segue queimando

Incêndio de grandes proporções na Transpantaneira já consumiu o equivalente a 12,6 mil campos de futebol

Foto: Reprodução

Incêndio de grandes proporções na Transpantaneira já consumiu o equivalente a 12,6 mil campos de futebol
O incêndio de grandes proporções que atinge a região da Transpantaneira, no Pantanal mato-grossense, já consumiu uma área equivalente a 12,6 mil campos de futebol. A operação para conter as chamas foi reforçada com a chegada de mais duas aeronaves e outros 19 brigadistas, na quarta-feira (1º). A vegetação seca e o vento forte dificultam o trabalho na região.

Leia mais:
Bombeiros combatem incêndios em dois pontos da Transpantaneira no Pantanal

Cerca de 261 mil litros d’água já foram jogados pelos aviões. Segundo o monitoramento por satélite, o fogo já consumiu uma área de 6.300 hectares no km 60 Transpantaneira e outros 2.700 hectares no km 100.

O combate aos incêndios nesta região é extremamente difícil, com poucos acessos pela estrada, além do enorme volume de vegetação seca em uma área com muitos brejos. Por isso, um quadriciclo é usado para levar os militares aos pontos mais isolados. O vento forte também dificulta o trabalho.

Foram adicionadas ao combate duas aeronaves Air Tractor. Agora são quatro aviões lançando água em diversos pontos do Km 100 e km 60 da rodovia transpantaneira, para diminuir a intensidade do fogo que ainda permanece ativo. 

As duas novas aeronaves são do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio) que também atua junto com o CBMMT no combate. As outras duas aeronaves foram contratadas com recursos do Governo de Mato Grosso e estão em operação desde o dia 27 de agosto. 

No local, o CBM conta com 68 bombeiros militares e civis trabalhando 24 horas por dia para apagar as chamas. Uma base de apoio foi montada próximo ao local, com sete viaturas para o transporte de militares e materiais aos pontos de acesso por terra e dois tratores enviados pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) para construção de aceiros. 

Também fortalecem os trabalhos os brigadistas do SOS Pantanal e a empresa Águas Cuiabá, que disponibilizou um caminhão-pipa, além dos pantaneiros que também estão envolvidos no combate ao fogo.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet