Olhar Direto

Domingo, 24 de outubro de 2021

Notícias | Educação

Acumulando vitórias

Estudante mato-grossense conquista medalha de ouro na Olímpiada Brasileira de Física das Escolas Públicas

Foto: Arquivo Pessoal

Estudante mato-grossense conquista medalha de ouro na Olímpiada Brasileira de Física das Escolas Públicas
Representando Mato Grosso, o estudante da Escola Estadual Desmilton Armando Pompeu de Barros, de Colíder (653 km de Cuiabá) Matheus Marinheiro Spontam, de 18 anos, conquistou medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (OPBFEP). No total, foram 187 mil inscritos em todo país, sendo 1,1 mil de Mato Grosso.

Leia também:
Programa de alfabetização cria turmas para atender estudantes de comunidade quilombola de MT

 A solenidade de premiação foi realizada de forma virtual na última quinta-feira (9), reunindo estudantes, professores e gestores escolares que participram da Olímpiada. A conquista de Matheus, porém, não é a primeira, mas sim, sequência da trajetória repleta de vitórias que tem sido trilhada pelo jovem. Desde os 14 anos, quando era aluno pela rede municipal, Matheus tem sido figura marcante nas competições. 

Em torneios de outras disciplinas, como matemática e química, o garoto conquistou o primeiro lugar do pódio em dois anos consecutivos: aos 16 anos na Olimpíada Brasileira de Física de Escolas Públicas (2019) e aos 17 anos na Olimpíada Brasileira de Física (2020), concorrendo também com alunos de escolas particulares. No ano passado, ele também representou Mato Grosso nas seletivas da Olimpíada Internacional (IPhO).

“A importância das Olimpíadas são as políticas públicas que estão por trás do evento. O investimento em educação simboliza a abertura de muitas portas, podemos chegar a lugares que não pensávamos ser possível, conhecemos muitas pessoas e passamos a ter sonhos inimagináveis. Universidades passam a nos observar. A grandeza da competição revela muito além da satisfação pessoal. Agradeço a minha escola e a minha família por terem me oportunizado essa experiência”, reflete Matheus.

Para a coordenadora da OBFEP, Clélia Neves, a entrega das medalhas simboliza o esforço dos alunos em alcançar os melhores resultados, ao mesmo tempo que incentiva novos estudantes da rede pública a participarem das próximas edições.

“A premiação de 2019 está ocorrendo somente agora em virtude da pandemia, mas não poderíamos deixar de demonstrar como estamos felizes com os resultados alcançados pelos estudantes. Não tivemos a edição de 2020, por isso esse reconhecimento, essa comemoração, se fez ainda mais importante”, destaca.

Para o professor do medalhista de ouro, Helder Calvi Inocêncio, o resultado positivo no quadro de medalhas está relacionado ao desempenho das escolas públicas em aplicar a física à realidade no dia a dia dos estudantes. “Matheus é brilhante e esses são os resultados da sua dedicação e empenho. Isso mostra como pequenas mudanças no cotidiano incentivam nossos alunos a buscarem o melhor”, destaca o professor.

Alcimaria Ataides da Costa, secretária adjunta de Gestão Educacional da Seduc,  afirma que a conquista da medalha é um momento ímpar para a educação do Estado de Mato Grosso. “Que momento glorioso para os nossos estudantes e suas famílias, em especial para os estudantes da escola pública, quando precisamos reafirmar a importância da ciência. Esse sucesso acontece pela união de alunos, famílias, profissionais e investimentos que caminham para melhoria da qualidade do ensino. É gratificante presenciar esse momento”.

Entre os gestores, estiveram presentes parabenizando a atuação dos estudantes da educação pública, o reitor substituto do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), Cristovam Albano, o reitor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) Dr. Evandro Soares da Silva, Professor Dr. Edson Chagas do Instituto de Física da UFMT, Professor Diretor Alceu Aparecido Cardoso do IFMT Campus Cuiabá e o Diretor Fabiano Joaquim, da Escola Estadual Desmilton Armando Pompeu de Barros, escola premiada pela atuação do estudante.

 Olímpiadas 2021

As Olimpíadas de 2021 já estão com as datas marcadas. E a primeira fase ocorrerá nos dias 21 e 22 de setembro. Confira o calendário de atividades e modalidades página do evento: http://www.sbfisica.org.br/~obfep/sobre-2021/ 

 

 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet