Olhar Direto

Quarta-feira, 27 de outubro de 2021

Notícias | Esportes

Junto com Atlético (MG)

Cuiabá não assinou recurso que derrubou liminar do Flamengo para ter público em estádio

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Cuiabá não assinou recurso que derrubou liminar do Flamengo para ter público em estádio


O Cuiabá Esporte Clube e o Atlético Mineiro foram os únicos clubes da Série A que não assinaram o "recurso voluntário" que derrubou, na manhã desta quinta-feira (16), a liminar que permitia ao Flamengo ter público em seus jogos como mandante no Campeonato Brasileiro. Há algum tempo, o vice-presidente do clube, Cristinao Dresch, pontuou que, caso fosse mantida esta questão, entraria com um pedido para estender a decisão ao time mato-grossense.

Leia mais:
Cuiabá vence jogo de seis pontos contra o Juventude, sobe na tabela mas vê Clayson ser expulso após descontrole; veja melhores momentos

O recurso está assinado por todos os clubes da Série A menos o próprio Flamengo, o Atlético-MG e o Cuiabá. Quem derrubou a liminar do rubro-negro, até a próxima reunião do Conselho Técnico dos clubes da Série A, no dia 28 de setembro foi o vice-presidente do STJD, Felipe Bevilacqua. A informação foi divulgada pela ESPN e pelo UOL.

Caso ela estivesse mantida, havia o risco do adiamento da rodada, já que os times ameaçavam não entrar em campo, por considerar que o Flamengo teria vantagem com a presença do público.

Em sua decisão na madrugada desta quinta, Felipe Bevilacqua ressaltou o risco de paralisação do campeonato se a liminar permanecesse válida.

- Diante do caráter de urgência ante a possível violação à legislação federal posta e consubstanciado nas inúmeras petições e manifestações dos autos, bem como tratando-se de matéria com escopo relevante e que traduz, em análise perfunctória, probabilidade de dano de difícil ou incerta reparação com a iminente não realização da rodada deste próximo final de semana, concedo parcialmente o efeito suspensivo ativo vindicado, para o fim de afastar parcialmente os efeitos da medida liminar concedida nestes autos até a reunião do conselho técnico, este a ser realizada no próximo dia 28 de setembro - diz trecho da decisão.

No Conselho Técnico do último dia 8, 19 clubes da Série A reforçaram que defendem a volta simultânea de público em todos os locais que recebem jogos da competição. A presença de torcedores ainda não está liberada em estados como São Paulo, Bahia, Pernambuco e Ceará.

Questionado sobre a adesão do Cuiabá no pedido dos clubes, na última quarta-feira, o vice-presidente do clube, Cristiano Dresch, não respondeu aos questionamentos da reportagem.

Porém, informações dos bastidores apontam que o Cuiabá também é um dos que já querem a volta do púbico aos estádios. Primeiro, porque Mato Grosso é um dos estados que já liberou a presença de torcedores nas aquibancadas.

Outra questão é quanto a boa renda que o clube pode ter, ainda mais vivendo um bom momento no campeonato, figurando inclusive em zona de disputa por Libertadores. 

O Cuiabá, inclusive, tem levado torcedores ao estádio. O clube aproveitou uma brecha e tem sorteado sócios do time para irem aos jogos da Série A como parte da delegação, já que houve um aumento do permitido pela Conferação Brasileira de Futebol (CBF).

Os clubes da Série A voltam a se reunir no dia 28 de setembro. Até lá, eles esperam conseguir a liberação para o retorno de público em todos os estados com times na Primeira Divisão já a partir do início de outubro. Antes disso, no dia 23 deste mês, o pleno do STJD julga o mérito da liminar que foi derrubada na madrugada desta quinta.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet