Olhar Direto

Terça-feira, 07 de dezembro de 2021

Notícias | Política MT

sessão de quarta-feira

Governo encaminha à AL mensagem para sacramentar nome de ferrovia como 'Olacyr de Moraes', mas é 'convencido' por deputados a recuar

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Governo encaminha à AL mensagem para sacramentar nome de ferrovia como 'Olacyr de Moraes', mas é 'convencido' por deputados a recuar
O Governo do Estado de Mato Grosso teria enviado, na última quarta-feira (22), uma Mensagem à Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) para sacramentar que o nome da ferrovia estadual em Mato Grosso seja Empresário Olacyr de Moraes. Diante da polêmica, no entanto, os deputados teriam convencido o Executivo a retirar o pedido, que não foi nem lido em plenário. A informação foi confirmada por fontes do Olhar Direto.

Leia também:
“Quem realmente trouxe a ferrovia para Mato Grosso foi Olacyr”, diz Mauro ao minimizar polêmica em torno de ferrovia

A mensagem seria para manter o nome da malha ferroviária que sai de Rondonópolis e chega a Lucas do Rio Verde como 'Olacyr'. Atualmente, há uma lei estadual de 1998, sancionado pelo governador da época, Dante Martins de Oliveira, que aprovou nome da ferrovia em Mato Grosso como 'Senador Vicente Vuolo'.  

Mauro, em entrevista e durante o evento de assinatura para início da obra ferroviária, na segunda-feira (20), disse que não sabia o motivo da polêmica, pois quem trouxe a ferrovia para o estado foi Olacyr e que a escolha pelo nome passou exclusivamente pela Rumo Logística, detentora da concessão. 

No entanto, durante a sessão plenária de quarta-feira (22) na Assembleia Legislativa, o governo teria encaminhado a Mensagem. O documento não chegou nem a ser lido, pois a polêmica em torno do nome já estava em discussão desde o pequeno expediente. O deputado Wilson Santos (PSDB), inclusive, encaminhou novo projeto de lei para que o nome da ferrovia estadual seja, em definitivo, Senador Vicente Vuolo, em todo o estado de Mato Grosso. 

Após o envio da Mensagem, o líder do Governo na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), Dilmar Dal Bosco (DEM), teria entrado em contato com o Executivo e orientado a retirada do assunto da pauta. O Governo teria acatado o pedido, e a Mensagem, sido devolvida antes mesmo de chegar ao plenário. 

O argumento foi de que na Assembleia nenhum deputado votaria para mudar o nome da ferrovia. "É unanimidade que todos querem a ferrovia com nome de Vuolo. Olacyr tem sua parcela, mas Vuolo é o pai da ferrovia", disse uma fonte ao Olhar Direto.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet