Olhar Direto

Sábado, 16 de outubro de 2021

Notícias | Cidades

TRIBUNAL DO CRIME

Criminosos que mataram ex-jogador de futebol são presos ao tentar fugir para outra cidade

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Detalhe: Willian  Sant’ana.

Detalhe: Willian Sant’ana.

A Polícia Militar prendeu, na noite desta quarta-feira (22), cinco suspeitos de envolvimento no sequestro e homicídio do ex-zagueiro do Sinop Futebol Clube, Willian  Sant’ana, de 21 anos,  encontrado morto próximo a BR-163, em Sinop (a 479 km de Cuiabá), na última sexta-feira (17).

Leia também:
Ex-jogador teria sido assassinado em 'Tribunal do Crime' por supostamente estuprar mulher

Três homens (18, 21 e 40 anos) que estavam com mandados de prisão em aberto e duas mulheres (21 e 32 anos) foram presos quando tentavam fugir para a cidade de Novo Progresso.

Segundo o boletim de ocorrência, após receber informações da Agência Regional de Inteligência de que os indivíduos que participaram do homicídio pretendiam deixar a cidade, os policiais realizaram diligências pelo município e localizaram os suspeitos no bairro Jardim Jacarandás. 

Todos os envolvidos estavam no interior de um veículo Renault Logan, dentre eles, dois homens suspeitos do crime, um de 21 anos e outro de 18.  Durante a abordagem, eles confessaram o crime.

Já o homem de 40 anos relatou que no dia do homicídio usou o seu veículo, um Gol de cor preta, para raptar e levar a vítima para um matagal, onde foi feita uma chamada de vídeo com o líder de uma facção criminosa. Um dos criminosos relatou que arrancou a tornozeleira eletrônica um dia após o crime e a jogou em um rio.

O trio já teria sido detido no fim de semana, porém, não havia mandado de prisão em aberto. Na ocasião, segundo informações da Polícia Judiciária Civil, o primeiro suspeito preso confessou que ele e os demais criminosos, que fazem parte de uma facção criminosa, teriam ido matar William por ter, supostamente, praticado um crime de estupro contra uma mulher.

O mesmo suspeito disse aos policiais que os envolvidos foram até a casa de Willian e o sequestraram, portando uma arma de fogo calibre 38. Eles, que estavam encapuzados, colocaram a vítima dentro de um carro e foram para a BR-163, onde decretaram sua morte. Ao chegar em uma região de mata, executaram os disparos com arma de fogo e fugiram.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet