Olhar Direto

Quarta-feira, 27 de outubro de 2021

Notícias | Cidades

Delegacia Especializada

Polícia recupera R$ 53 mil subtraídos de vítima durante compra de gado

Foto: Rogério Florentino/ Olhar Direto

Polícia recupera R$ 53 mil subtraídos de vítima durante compra de gado
Ação da Polícia Civil realizada em parceria entre a Delegacia de Polícia de Ribeirão Cascalheira (900 km a leste de Cuiabá) e Delegacia Especializada de Repressão a Crimes (DRCI) Informáticos, resultou na recuperação de R$ 53 mil, subtraídos de uma vítima na negociação de cabeças de gado que não foram entregues após o pagamento.

Leia também 
Polícia Civil fecha ponto de venda de drogas na Capital


A ocorrência foi registrada na manhã de sábado (25), quando a vítima procurou a Polícia Civil relatando que foi até a cidade de Nova Xavantina pois estava negociando a compra de bezerros com um vendedor desta cidade.

A negociação estava sendo feita entre o comunicante, representado por um corretor, que por sua vez negociava os animais com outras três pessoas. Os bezerros que estavam em uma chácara foram mostrados à vítima, a qual aceitou firmar o acordo de compra. 

Segundo o comunicante, os donos dos bezerros estiveram o tempo todo juntos, inclusive ajudando no manejo durante a marcação e embarque do gado, sendo a nota fiscal efetivada pelos vendedores após a transferência via TED do valor da negociação.

Então a vítima realizou o pagamento na conta bancária de uma mulher. Em seguida os vendedores viram o comprovante da transferência do valor e permitiram que a carreta com os bezerros deixasse a fazenda até o Posto de Combustível, onde deveriam aguardar a liberação mediante confirmação do crédito.

Já no Posto de Combustível os donos dos animais disseram que pegariam o gado de volta, pois o  pagamento não havia sido debitado na conta deles. 

Diante das informações, rapidamente a equipe da DRCI foi acionada para dar apoio nas investigações, e com base nas informações passadas pela vítima conseguiu recuperar o valor subtraído da vítima, com o bloqueio de R$ 53 mil transferido para a conta da suspeita.

As investigações seguem em andamento para identificar os envolvidos no crime.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet