Olhar Direto

Domingo, 28 de novembro de 2021

Notícias | Cidades

Localizado na quinta

Encontrado morto na Bolívia, maior ladrão de motos da grande Cuiabá foi executado há dois meses; família apontou local da cova

Foto: Reprodução

Encontrado morto na Bolívia, maior ladrão de motos da grande Cuiabá foi executado há dois meses; família apontou local da cova
A família de Dionata Martins de Lima foi quem apontou às autoridades bolivianas o local em que o corpo dele estava enterrado, em uma fazenda na zona rural de San Matías. Apontado como o maior autor de furtos da região metropolitana de Cuiabá e procurado pela polícia, o homem foi executado a tiros, há aproximadamente dois meses, data em que seu desaparecimento foi registrado.

Leia mais:
Maior autor de furtos a motocicletas da grande Cuiabá é encontrado morto e enterrado em cova rasa na Bolívia
 
Após receber a informação de que Dionata havia sido morto, a família procurou as autoridades brasileiras, que comunicaram às bolivianas. Equipes da Força Especial de Combate ao Crime (FELCC) e do Ministério Público realizaram escavações na fazenda, que fica a menos de dez quilômetros de San Matías, na comunidade de Santa Clara.
 
Em posse de um mandado de busca, as autoridades encontraram terra remexida na parte do fundo da fazenda e iniciaram as escavações. Rapidamente o corpo do homem foi localizado. Apesar do estado avançado de decomposição, já que o homicídio foi estimado em dois meses, foi possível notar que a execução se deu por disparo de arma de fogo.
 
Foram encontradas cápsulas de calibre 22 e 9mm. De forma preventiva, os policiais detiveram o dono da fazenda onde o corpo foi encontrado.
 
Antes do encontro do cadáver, um membro do mesmo grupo de Dionata, Felix Martins da Silva, havia sido preso tentando entrar com armas na Bolívia. Ele revelou que a organização da qual fazia parte se refugiava em uma estância em San Matías e naquele local estava o corpo.
 
O coronel Edson Claure, diretor do FELCC, disse em entrevista à imprensa local que o corpo foi encaminhado ao necrotério do hospital San Matías para ser submetido a uma autópsia legal para confirmar a causa da morte e a identidade. Porém, pontua que para a família não há dúvidas.
 
Conhecido como ‘Gordão’, o homem é apontado como responsável por cerca mais de 400 roubos/furtos de motocicletas na baixada cuiabana.
 
Especula-se que a morte tenha ocorrido em um acerto de contas entre criminosos. A mãe do rapaz havia registrado um boletim de ocorrências, na Delegacia de Cáceres, dando conta do desaparecimento dele desde o fim de maio.


 
Gordão
 
Dionata foi alvo da operação “Cortando Giro”, deflagrada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos (Derfva) em junho deste ano. Na ocasião, ele não foi localizado pelas autoridades e era procurado desde então.
 
Segundo as investigações da Derfva, o suspeito tem participação em furtos qualificados de motocicletas, além de ter envolvimento com os crimes de associação criminosa e organização criminosa majorada.
 
Gordão era alvo de investigações em quatro inquéritos policiais instaurados na delegacia.
 
O suspeito também respondia a diversas ações penais por crimes contra patrimônio sendo responsável por furtos de motocicletas na região metropolitana de Cuiabá.
 
Após a subtração é necessária a participação de outros criminosos, que atuam em outras funções como a guarda dos veículos para “esquentar”, adulteração de sinais automotores e posterior encaminhamento para países vizinhos, onde são trocados por drogas.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet