Olhar Direto

Domingo, 16 de janeiro de 2022

Notícias | Cidades

querem exoneração do coordenador

Mulheres indígenas Kayapo ocupam sede da Funai; veja vídeo

Foto: Reprodução

Mulheres indígenas Kayapo ocupam sede da Funai; veja vídeo
Mulheres indígenas Kayapo ocuparam a sede da Fundação Nacional do Índio (Funai) em Colíder. Vídeo compartilhado pela neta do grande cacique Raoni Metuktire, Mayalú Txucarramãe, mostra o grupo cantando no local. Na publicação, ela diz que os indígenas aguardam uma resposta da Funai.

Leia também:
Vídeos mostram coordenador da Funai sendo agredido por indígenas que pediam sua exoneração

Na semana passada, o coordenador regional Gustavo Freire Borges, de 35 anos, foi mantido refém pelo povo Kaiapó. Gustavo assumiu o cargo no lugar de Patxon Metuktire, neto do cacique Raoni. O Povo Indígena deseja que alguém da etnia seja o coordenador da Funai. 
 
De acordo com informações da Polícia Militar, por volta das 20h de sexta-feira (19), os policiais foram acionados para atender o caso. No local, o chefe da Funai era mantido em cárcere privado por indígenas Kaiapó e alguns Paraná, desde as 8h30 da manhã.
 
O chefe da Funai conseguiu fugir por volta das 19h40, após espirrar spray de gengibre nos indígenas. Ele, no entanto, foi recapturado e levou chutes, bordoadas e pauladas. Após as agressões, a vítima foi levada ao escritório da Funai e foi informado que só seria liberado após sua exoneração.

Os policiais, então, começaram uma negociação com os indígenas, e conseguiram que o chefe da Funai fosse liberado. Ele foi encaminhado ao Hospital Regional devido aos ferimentos. Ninguém chegou a ser preso.

Veja vídeo:

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet