Olhar Direto

Sexta-feira, 27 de maio de 2022

Notícias | Política MT

SER FAMILÍA HABITAÇÃO

Idealizadora de programa que vai construir 20 mil unidades habitacionais, Virgínia comemora aprovação na AL

Foto: Assessoria

Idealizadora de programa que vai construir 20 mil unidades habitacionais, Virgínia comemora aprovação na AL
“Agradeço aos deputados que contribuíram para que saísse o Projeto de Lei”, comemorou a primeira dama de MT, Virgínia Mendes ao ver o programa SER Família Habitação, por ela idealizado, aprovado em segunda votação pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso, na última semana.

Leia mais
Galli assume presidência do PTB e articula candidatura de empresário de Rondonópolis ao Governo

Conforme o Projeto de Lei, os subsídios serão determinados por meio de decreto estadual, avaliando base de renda familiar bruta, com possibilidade de priorização a pessoas com deficiência, idosos, mulheres vítimas de violência e servidores ativos e aposentados.  Além disso, a gestão estadual está autorizada a executar ações com recursos que serão utilizados para construção de 20 mil unidades habitacionais no estado.
  
“Fiquei muito feliz com a aprovação! Agradeço aos deputados que contribuíram para que saísse o Projeto de Lei. Através do SER Família Habitação, muitas famílias vulneráveis de MT terão direito à moradia. Infelizmente ainda temos muitas famílias mato-grossenses que não têm um lar, e a intenção desse programa é dar qualidade de vida para a população mais carente de Mato Grosso”, afirmou Virginia Mendes.
O presidente da Assembleia, deputado Max Russi corroborou com o programa e foi assertivo ao ponderar que é necessário atender a população que almeja casa própria, com reais condições de cuidar de suas famílias. “O Governo terá O Governo terá o apoio da Assembleia Legislativa para concretizar o sonho dessas famílias e dar tranquilidade a muitos mato-grossenses”, completou.
 
O “Ser Família Habitação” será executado pela MT Participações e Projetos (MT PAR), juntamente com a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc). A MT PAR também poderá desenvolver novos programas, ações e modalidades de sistemas construtivos, podendo atender ainda demandas rurais diretamente ou por meio de parcerias com o setor privado.
 
 
 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet