Olhar Direto

Domingo, 23 de janeiro de 2022

Notícias | Cidades

Problema crônico

Esgoto a céu aberto causa mau cheiro e atrapalha comércio na 13 de Junho há 40 anos; fotos e vídeos

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Esgoto a céu aberto causa mau cheiro e atrapalha comércio na 13 de Junho há 40 anos;  fotos e vídeos
Quem passa pela avenida 13 de Junho, no Centro Sul de Cuiabá, nas imediações do Hemocentro, se depara com um verdadeiro esgoto a céu aberto e o mau cheiro, que piora quando o sol aparece. Apesar de pequenos reparos, o problema persiste há cerca de 40 anos na região.  

Leia também:
Menores fazem orgia com policial penal, roubam S10 e acabam apreendidos pela PM

O empresário Pedro Paulo tem um estabelecimento na principal avenida da Capital e conta que desde 2002 convive com o problema, considerado gravíssimo. Ele conta que o esgoto passa pela calçada, se desloca pela rua, até chegar em frente ao Hospital Geral. “É um problema de gestão. Entra prefeito, sai prefeito, e todos ignoram isso aqui”, diz.



“Várias pessoas vêm fazer exames no Hemocentro, vem de fora, se deslocando em vans, que deixam essa pessoa em frente ao esgoto para descer, para atravessar a rua.  As pessoas têm que passar em cima do esgoto, correndo o risco de cair, cometer um acidente”, pontua o empresário.  

Por conta do esgoto e mau cheiro, alguns comerciantes relataram que perderam clientes. Nas imediações há empresas de diversos setores. Um deles é o que tem prejuízos, pois clientes deixaram de frequentar o bar por conta do odor de esgoto.

“Que as os políticos responsáveis criem vergonha na cara e vem aqui resolver esse problema de saúde pública que estamos convivendo na 13 de Junho”, clama o empresário.

Ao Olhar Direto, o vice-prefeito e Cuiabá e secretário de Obras, José Stopa (PV) reconheceu que a avenida não tem rede de esgoto e afirmou que a obra no local deverá ser feita no começo de 2022. 

"Lá é um problema sério, que envolve uma obra gigantesca, são quase mil metros de manilhas que tem que ser feita. Nós temos um planejamento para fazer aquela obra em fevereiro. Ali é um problema de mais de trinta anos. Nós já temos o projeto pronto, já levantamos tudo e no mês de fevereiro a gente deve começar as obras. Eu sei que é uma obra chata, eu sei que aquilo é complicado e eu sei que faz muito tempo que a população, os comerciantes, reivindicam, mas nós devemos resolver aquele problema começando a obra em fevereiro e terminando em março", disse. 

"Nós até tínhamos pensado num primeiro momento de fazer agora final do ano, mas é hora que o comércio está na ativa, é hora que se mais vende. Então, nós vamos esperar janeiro e fevereiro, que é um mês assim de menor intensidade no comércio e nós vamos realizar aquela obra, que é uma obra que realmente tem que fazer toda a drenagem, infelizmente. Nós vamos fazer em fevereiro e março", asseverou. 

Veja vídeos: 
 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet