Olhar Direto

Quarta-feira, 19 de janeiro de 2022

Notícias | Esportes

Complicou a situação

Em noite desastrosa de Paulão, reservas do Palmeiras vencem Cuiabá em jogo com nova polêmica da arbitragem; veja melhores momentos

Foto: AssCom Dourado

Em noite desastrosa de Paulão, reservas do Palmeiras vencem Cuiabá em jogo com nova polêmica da arbitragem;  veja melhores momentos
O Cuiabá perdeu para o time reserva do Palmeiras, na noite desta terça-feira (30), na Arena Pantanal, por 3 a 1 e saiu na bronca, mais uma vez, com a arbitragem, que não marcou um pênalti em jogada de Elton. O ponto baixo da partida foi a noite desastrosa de Paulão, que falhou duas vezes, em lances que resultaram nos gols do Verdão.

Com o resultado, o Dourado segue com 43 pontos. Na próxima rodada, visita o Athletico-PR, na sexta-feira, às 18h (de MT), na Arena da Baixada, pela rodada 35 do Brasileirão.

No total, foram 26.612 pessoas na Arena Pantanal. A renda foi de R$ 1.499.435,55



O jogo 

O Palmeiras começou apertando o Cuiabá no início do jogo. Gabriel Silva aproveitou lançamento de Michel e a indecisão entre Paulão e Walter para driblar o goleiro, e empurrar para a rede.
 
O Dourado seguiu nervoso na partida e não conseguindo criar boas jogadas. Quem continuou assustando foi o Palmeiras. Desta vez com Giovani, que carregou e arriscou de fora, mas mandou longe.
 
Porém, já em outro lance, o menino da academia do Palmeiras recebe mais um lançamento, cortou para dentro e mandou um chute rasteiro, no cantinho de Walter, que não conseguiu alcançar.
 
A festa era toda palmeirense, tanto que a torcida começou a gritar tricampeão. Porém, os torcedores do Dourado responderam, abafaram com vaias e chamaram pelo Cuiabá, que acordou.
 
Em cobrança de escanteio, Jenison acertou o travessão, e a bola sobrou para Alan Empereur, carimbando a famosa lei do ex, que completou de cabeça para o gol, para festa dos torcedores presentes.
 
Jorginho mudou a equipe no intervalo, fazendo entrar Felipe Marques e Lucas Hernandez. O lateral foi o responsável pelo primeiro perigo. Ao tentar cruzar da esquerda, a bola desviou e foi em direção ao gol. Porém, atento, o goleiro do Palmeiras salvou.
 
Depois, o Gabriel Menino cruzou na primeira trave, e Renan chegou ganhando da marcação no corpo para desviar de cabeça.  Walter, no reflexo, evitou o terceiro.
 
A grande chance veio no pé de Clayson. Ele recebeu ótimo lançamento dentro da área, ganhou do zagueiro, mas chutou em cima do goleiro Vinícius, que saiu bem, a lá goleiro de futsal para evitar o empate.
 
Depois, mais uma polêmica envolvendo arbitragem. Kuscevic dividiu com Elton, e o atacante tentou avançar tirando do goleiro. O atacante do dourado caiu pedindo pênalti, mas o árbitro mandou seguir.
 
No replay, parece que Elton deu uma dobrada leve no joelho, mas Salvio Spinola, na Central do Apito, do Premiere, disse que marcaria o pênalti.
 
No fim, o banho de água fria. Paulão, em noite desastrosa, errou na saída de bola, mandou no pé de Gabriel Veron, que carregou até a entrada da área e bateu colocado de pé direito, no ângulo de Walter, que não teve chance alguma. O palmeirense acabou expulso, já que tirou a camisa e tomou o segundo amarelo.

 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet