Olhar Direto

Quarta-feira, 19 de janeiro de 2022

Notícias | Cidades

FLAGRANTE

Professor é preso por assediar alunas em escola de Cuiabá; suspeito ofereceu R$ 50 para garota tirar blusa

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Professor é preso por assediar alunas em escola de Cuiabá; suspeito ofereceu R$ 50 para garota tirar blusa
A Polícia Militar prendeu um professor de ciências da Escola Estadual Tancredo Neves, localizada no bairro Jardim Leblon, em Cuiabá, por suspeita de assediar pelo menos três alunas, de 12,14 e 15 anos. O episódio foi registrado nesta terça-feira (1).

Leia também:
Empresária é sequestrada ao sair para comprar bebida em Hilux; criminosos enviaram foto dela encapuzada

Em um dos casos, o educador teria oferecido R$ 50 para uma aluna tirar a blusa. Já com outra adolescente ele teria se aproximada, questionado se ela estaria fazendo tarefa e depois tocado o seio da vítima.

Duas vítimas entraram em contato com os pais, informaram o episódio à coordenação e descobriram outros casos parecidos na escola. Uma das alunas contou que o professor teria percorrido as mãos em seu ombro e sussurrado no ouvido que ela era muito bonita.

O diretor da escola ligou para o professor para que ele retornasse à unidade. No local, ao ser questionado pela Polícia Militar, ele justificou dizendo que se tratava de uma “brincadeira de mau gosto”.

Sobre os assédios, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) informou que de maneira imediata o professor foi afastado da escola e sua lotação removida para Diretoria Regional de Educação de Cuiabá, enquanto responde os processos judicial e administrativo, de forma a preservar a integridade física do servidor e zelar pela estabilidade do ambiente escolar.

“A Seduc reforça que, neste momento, as estudantes e as respectivas famílias já estão recebendo atendimento e orientação quanto aos procedimentos de saúde das crianças e adolescentes. Quanto a comunidade escolar a Seduc já está disponibilizando atendimento psicossocial com ações de Saúde e Segurança do Trabalhador”, diz trecho da nota.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet