Olhar Direto

Segunda-feira, 08 de agosto de 2022

Notícias | Política MT

ALIANÇA ANTIGA

Mauro confirma “acerto” para saída de Gilberto e garante ajuda ao secretário com pretensões eleitorais

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Mauro confirma “acerto” para saída de Gilberto e garante ajuda ao secretário com pretensões eleitorais
Ainda ponderado sobre as eleições de 2022, o governador Mauro Mendes (DEM) admitiu que já entrou em acordo com Gilberto Figueiredo, para que o secretário deixe a Secretaria Estadual de Saúde (SES) em janeiro do próximo ano. O acertado do democrata com seu staff é que o secretário que pretenda disputar o próximo pleito entregue o cargo até o fim deste ano.

Leia também:
Mauro afirma que Estado “quase quebrou” por conta de gestões que cederam a pressão de servidores

Gilberto, que está na Pasta desde o início do mandato de Mauro, em 2019, tem pretensões eleitorais e deve disputar uma vaga na Assembleia Legislativa no próximo ano. Mesmo que não seja candidato à reeleição, o apoio do governador é esperado, já que a relação dos dois ocorre antes mesmo de o democrata se tornar prefeito de Cuiabá (2012 a 2016) e colocar Gilberto no comando da Secretaria Municipal de Educação.

“O governador nem decidiu ainda se ele é candidato. Então, não estou ainda olhando para o cenário eleitoral. Mas o Gilberto é sem dúvida alguma uma pessoa muito competente, foi diretor do Senai durante muitos anos e deixou o cargo para trabalhar conosco na prefeitura. O Senai de Mato Grosso durante cinco anos foi eleito o melhor Senai do Brasil sobre a gestão dele”, declarou.

“Então temos que reconhecer que ele é sim uma pessoa diferenciada, qualificada, um bom gestor e que tem esse desejo de ser candidato. Se eu puder ajudar, com certeza ajudarei. O Gilberto já acertou comigo e sai no dia trinta de janeiro”, completou.

De acordo com Mauro, Gilberto e sua equipe conseguiu importantes avanços na SES, apesar do período de pandemia da Covid-19, nestes últimos dois anos.

“Nós organizamos muito bem a saúde sobre alguns aspectos, tem muita coisa para fazer lá, mas hoje nós temos hospitais regionais todos reformados, temos dois hospitais em construção, quatro regionais em licitação. Nós temos muitas ações no meio de uma pandemia que praticamente travou muitas áreas da administração pública”, pontuou.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet
x