Olhar Direto

Terça-feira, 17 de maio de 2022

Notícias | Cidades

NO CPA I

Bando faz família de supervisora da Novo Mundo refém e tenta roubar celulares e eletrodomésticos de loja na Capital

Foto: Divulgação/PM

Bando faz família de supervisora da Novo Mundo refém e tenta roubar celulares e eletrodomésticos de loja na Capital
Policiais da Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam) conseguiram prender três criminosos que roubaram 46 celulares e eletrodomésticos (avaliados em 158 mil) da loja Novo Mundo, no bairro CPA I, em Cuiabá, na manhã deste sábado (15). Antes do roubo, os suspeitos fizeram refém a família da supervisora da unidade, que foi obrigada a acompanhar o trio até o estabelecimento

Leia mais:
Polícia Penal recupera mais três fugitivos de penitenciária em Água Boa; ainda restam sete

Enquanto agiam na loja, segundo informações do tenente coronel Dorilêo, comandante da Rotam, um membro do bando ficou na casa da vítima, fazendo ameaças de morte e mantendo outras pessoas da família sob a mira de um revólver. Outras equipes estão na busca desse comparsa que conseguiu fugir. Há possibilidade dele ter recebido apoio de outra pessoa que ficou no carro, do lado de fora da casa, vigiando para avisar sobre a possível chegada da PM. 

Conforme Dorilêo, a ação dos bandidos começou por volta das 19h de sexta-feira (14). Eles chegaram na casa da supervisora e fizeram um verdadeiro terror. Armados e uniformizados com roupas da Novo Mundo, os criminosos chegaram a ameaçar de morte um casal de idosos e a filha da supervisora que estava na casa. 

Depois disso, eles foram até a loja, que fica na avenida Pernambuco, no CPA I. Lá, eles utilizaram senhas e chaves da supervisora para poder evitar que alarmes fossem disparados. Eles passaram a noite na loja. Até que por volta das 06h deste sábado o Ciosp recebeu uma denúncia de que a loja poderia estar sendo roubada. 

Rapidamente, uma equipe da Rotam esteve no local e flagou os criminosos tentando deixar o local com celulares e aparelhos eletrodomésticos da loja. "Chegamos na hora. Os criminosos estavam deixando a loja com duas sacolas tendo 46 celulares, alguns eletrodomésticos e tudo daria pelo menos R$ 156 mil de prejuízo. Eles estavam armados e contavam com apoio de uma mulher que estava dirigindo um Sandero. Ela daria a fuga para o grupo. Prendemos todos, apreendemos os aparelhos e armas deles e levamos para a delegacia", contou o comandante Dorilêo. 

Rapidamente outra equipe entrou na loja e encontrou a supervisora em estado de choque num canto da loja. Lá dentro, os PMs ainda encontraram um pé de cabra e o cofre todo danificado, mas não aberto. "Eles queriam os aparelhos e também levar o dinheiro do cofre, mas por bem não conseguiram", completou o oficial. 

Ao avisar que sua família estava sob cárcere no bairro Tropical Ville, outra equipe da Rotam foi para o local, mas chegando lá o criminoso que ficou na área já tinha saído. Ele também será procurado. 

Neste crime foram presos: Fernanda Kelly Silva (motorista) e Roger Luiz da Cruz Campos e Felipe Santos de Souza. Todos com extensa ficha criminal em Mato Grosso e em outros estados, como roubo, tráfico, golpe do OLX e até homicídio. "São criminosos de alta periculosidade e compõe organização criminosa. Vão responder por diversos crimes e esperamos que eles paguem pelo terror que causou para essa família".
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet