Olhar Direto

Terça-feira, 24 de maio de 2022

Notícias | Cidades

estado de contingência

Tempestade deixa 23 mil pessoas sem energia na região metropolitana de Cuiabá

Foto: Reprodução

Tempestade deixa 23 mil pessoas sem energia na região metropolitana de Cuiabá
Cerca de 23 mil clientes da Energisa ficaram sem energia em Cuiabá e Várzea Grande por conta da chuva da noite de sábado (16). Segundo informações da concessionária de energia, a situação mais grave foi registrada no bairro Poção, na capital, e cerca de 90% das pessoas afetadas já tiveram sua rede restabelecida.

Leia também:
Chuva em Cuiabá causa queda de árvores e deixa moradores sem energia; veja vídeos

Em decorrência dos temporais, a Energisa informou que está em estado de contingência na região metropolitana e norte de Mato Grosso. A contingência é acionada quando há necessidade de um reforço de equipes por causa do aumento atípico de ocorrências.

"Nossas equipes estão reforçadas e a maioria dos clientes já foi religada, cerca de 90%. E temos então esse percentual menor de problemas mais críticos que estamos atuando na força-tarefa para resolver. Além disso, estamos fazendo manobras na rede para reparos e isso pode provocar ainda oscilações", explicou Vinícius Marques, coordenador de operações da Energisa da região metropolitana.

No interior de Mato Grosso, houve registros de rajadas de ventos e raios, que resultaram na queda de árvores sobre a rede. Entre os municípios mais afetados, estão Marcelândia, Sinop, Lucas do Rio Verde, Colíder, Nova Canaã e Nova Mutum.

"Foram árvores de mais de 20 metros em algumas localidades, ou seja, que estavam fora da área de segurança. O problema é que o vento foi tão forte, que essa vegetação foi empurrada sobre a rede," relatou o coordenador de operações da regional de Sinop, Herson Cruz.

A Energisa esclarece também que está em estado de atenção na região do Araguaia por causa de cheias de rios e atoleiros em estradas, o que tem aumentado o tempo de atuação das equipes em zonas rurais. "Em algumas regiões estamos chegando apenas de barco. Então pedimos a compreensão da população porque estamos focados em resolver todos os problemas ocasionados pelo clima", complementou Herson.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet