Olhar Direto

Segunda-feira, 27 de junho de 2022

Notícias | Política MT

bastidores da disputa

MDB busca mulheres influenciadoras para eleição; 'inércia' do DEM incomoda lideranças

MDB busca mulheres influenciadoras para eleição; 'inércia' do DEM incomoda lideranças
O diretório estadual do MDB em Mato Grosso começou a se articular para formar chapa nas eleições de 2022 e algumas conversas foram iniciadas por lideranças do partido. A expectativa é de que a sigla vá para a disputa com nomes fortes, principalmente de mulheres que já atuam na política e possuem visibilidade suficiente para conquistar votos.

Leia mais: 
Vereadores de Cuiabá passam a receber auxílios que somam R$ 8 mil

A suplente de vereador Maysa Leão (Cidadania) e a médica Natália Slhessarenko (sem partido) foram convidadas para serem candidatas aos cargos de deputada estadual e deputada federal, respectivamente.

A movimentação dentro do MDB causou receio em Júlio Campos (DEM), que pretende ser candidato a deputado estadual. A família Campos entende que o atual presidente do DEM, Fabinho Garcia, não tem realizado convites ou se articulado para formar uma chapa forte em 2022.

Com tantos nomes que somam mais de 10 mil votos, como Eduardo Botelho e Dilmar Dal Bosco, o DEM precisa se movimentar para conseguir candidatos que podem puxar ainda mais votos. Caso contrário, corre o risco de apenas reeleger deputados - e por essa conta Júlio Campos ficaria fora.

Mulheres influenciadoras

Sem definição do seu partido sobre como será atuação em 2022, Maysa tem conversado com diversos partidos para tentar encontrar espaço. Maysa, que atualmente é suplente do vereador Diego Guimarães (Cidadania), foi para a política após se transformar em influenciadora digital.

Maysa tem 169 mil seguidoras no Instagram e conseguiu 1520 votos em nas eleições municipais de 2020. O convite para entrar no MDB foi feito formalmente pela deputada estadual Janaina Riva (MDB), líder do partido no estado. Riva e Leal são amigas e conversaram mais de uma vez sobre as eleições.

“Como meu partido não se posicionou até agora se vai formar chapa ou não eu decidi sentar para conversar com diversos partidos e de fato houve esse convite vindo do MDB”, afirmou a influenciadora, que pretende disputar cargo na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT)

“Eu e Janaina conversamos sobre a nossa expectativa em fazer com que mais mulheres ocupem espaços na política, entendemos que precisamos de união porque se ficarmos atuando de forma isolada as chances diminuem”, completou.

O secretário geral do MDB do estado, Rafael Bello Bastos, também confirmou que foi formalizado convite para a médica Natália Slhessarenko para se filiar ao partido e disputar uma vaga na Câmara.

A médica reluta em relação ao convite porque seu interesse é disputar cargo no Senado. Para essa vaga ela foi convidada por Max Russi (PSB) no início deste ano em reunião realizada em Brasília. Natasha é filha da ex-senadora. Atualmente é conselheira do Conselho Federal de Medicina (CFM). Natasha tem mais de 7 mil seguidores na internet e também trabalha com a divulgação de temas sobre saúde, assunto que ganhou ainda mais importância por conta da pandemia de covid-19. 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet