Olhar Direto

Quarta-feira, 18 de maio de 2022

Notícias | Picante

Trabalhadores desunidos

Com aproximação das eleições, divergências entre líderes do PT em MT tornam-se mais explícitas

Foto: Ailton Segura / Jornalistas Livres

Trabalhadores desunidos
Que o Partido dos Trabalhadores em Mato Grosso tem diversos ‘grupos’ internos não é novidade para ninguém. Com a aproximação das eleições de outubro, no entanto, parece que as discordâncias tem se acentuado dentro da agremiação que conta com o candidato melhor cotado nas pesquisas para se tornar presidente da República a partir de 2023. Há alguns meses, o assunto foi a ‘carta aberta’ da vereadora Edna Sampaio, que afirmou que não vinha recebendo apoio de seu partido para sair candidata ao Senado. Agora, a ‘polêmica’ gira em torno da federação com o PSB. A decisão, como se sabe, é “de cima para baixo”, e cabe aos diretórios estaduais apenas segui-la. No entanto, há discordância entre as lideranças: o deputado Lúdio Cabral (PT) acredita que não há diálogo com o partido que, em Mato Grosso, apoia o governador Mauro Mendes (DEM), enquanto a deputada federal Rosa Neide defende que é possível chegar a um acordo, tudo para fortalecer a chapa de Lula 2022.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Mais Picantes

Sitevip Internet