Olhar Direto

Segunda-feira, 08 de agosto de 2022

Notícias | Ciência & Saúde

VEJA PROGRAMAÇÃO

Várzea Grande implanta vacinação itinerante contra Covid-19 e adota calendário especial no carnaval

Foto: Assessoria

Várzea Grande implanta vacinação itinerante contra Covid-19 e adota calendário especial no carnaval
Várzea Grande vai tornar a vacinação contra a COVID-19 em crianças de 5 a 11 anos itinerante para cobrir e atender todas as regiões da cidade. A campanha começa na quarta-feira (23) e vai até o dia 26, sábado. No domingo, segunda, terça e quarta-feira da semana que vem, não haverá vacinação. A campanha retoma no dia 3 e 4 de março na Clínica de Atenção Primária à Saúde, no 24 de dezembro.

Leia mais: 
Mato Grosso registra 25 mortes nas últimas 24h; taxa de ocupação em UTI's é de 55%

Com os pontos facultativos decorrentes do Carnaval o funcionamento das unidades acontecerá especialmente da seguinte maneira:

A partir desta quarta-feira, 23, na quinta, 24 e sexta-feira, 25 de fevereiro o atendimento será no PSF São Matheus, das 8h às 11 horas e das 13h às 16 horas.

No sábado, 26, a vacinação acontecerá em dois pontos na Clínica Integrada do Centro Universitário UNIVAG e na Escola Estadual Jayme Veríssimo de Campos Jr. (Grande Mapim/Imperial), os horários são das 8h às 16 horas.

No domingo, 27 e na segunda, 28, além de 1º e 2 de março não haverá vacinação, que será retomada nos dias 03 e 04 na Clínica de Atenção Primária à Saúde no 24 de dezembro das 8h às 11 horas e das 13h às 16 horas.

No sábado, dia 05 de março, a vacinação acontecerá na Escola Estadual Adalgisa de Barros (Centro), para crianças de 05 a 11 anos acompanhados dos pais ou responsáveis e devidamente preparados para serem vacinadas, das 8h às 16 horas sem intervalo para almoço.

Também neste dia acontece a vacina para os demais casos, ou seja, para adultos e idosos no Parque Berneck que funciona no sistema drive thru, das 8h às 16 horas sem intervalo para almoço.

"A ideia é dar velocidade a vacinação na mesma proporção em que trabalhamos o convencimento dos pais e a importância de que os imunizados tem menores riscos de contrair a COVID e quando o fazem, os sintomas são brandos e os riscos a vida humana consideravelmente reduzidos", assinalou o prefeito Kalil Baracat, que voltou a defender a imunização de 100% da população e a utilização de todos os meios e maneiras disponíveis para enfrentar a mesma, seja com vacinas, medicamentos, tratamentos e até mesmo medidas de biossegurança.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet
x