Olhar Direto

Domingo, 14 de agosto de 2022

Notícias | Política MT

pró-gestão

Após reunião com equipe técnica da Sefaz, AL autoriza empréstimo de U$ 40 milhões com Banco Mundial

18 Mai 2022 - 12:22

Da Redação - Lázaro Thor Borges / Do Local - Érika Oliveira

Foto: JLSiqueira/ALMT

Após reunião com equipe técnica da Sefaz, AL autoriza empréstimo de U$ 40 milhões com Banco Mundial
A Assembleia Legislativa (ALMT) aprovou nesta quarta-feira (18) o projeto de lei que garante empréstimo de U$40 milhões com o Banco Mundial. A aprovação, em segunda votação, foi feita sob críticas da oposição ao governo, que questionaram a falta de informações na proposta encaminhada pelo Executivo. 

Leia mais:
Mauro diz que empréstimo de U$ 40 milhões tramita desde 2019 no Ministério da Economia

O projeto passou em primeira votação na semana passada. Na manhã de hoje, equipe técnica da Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz) foi até a ALMT e se reuniu com os parlamentares.

O empréstimo com o Banco Mundial servirá para garantir recursos para implementação do governo Pró-gestão, que visa modernizar a gestão do estado com tecnologia de informação. Segundo os técnicos, o projeto aumentará a arrecadação do Estado. 

O texto foi aprovado com cinco votos contrários. Os deputados alegaram que o governo já possui recursos em caixa suficientes para modernizar a gestão e não seria necessário um novo empréstimo para subsidiar o programa. 

"O que eu não entendo é o próprio secretário Rogério Gallo (quando estava na Sefaz), veio aqui afirmar que o Estado era superavitário e agora como secretário da Casa Civil diz que o Estado precisa realizar um empréstimo", afirmou o deputado  Delegado Claudinei (PL). 

O deputado Lúdio Cabral (PT) criticou a postura do governo por não informar detalhes sobre a taxa de juros e a ausência de trava cambial do projeto. Segundo o petista, o empréstimo pode endividar o estado a longo prazo.

Além de Claudinei e Lúdio, os oposicionistas Faissal Calil (Cidadania), Ulysses Moraes (PTB) e Valdir Barranco (PT) votaram contra.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet
x