Olhar Direto

Sexta-feira, 01 de julho de 2022

Notícias | Política MT

QUESTÃO PARTIDÁRIA

Tebet faz elogios a governador mas admite chance remota de ter apoio de Mauro à Presidência

24 Mai 2022 - 09:51

Da Redação - Airton Marques / Do Local - Érika Oliveira

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Tebet faz elogios a governador mas admite chance remota de ter apoio de Mauro à Presidência
Em agenda na Capital, a pré-candidata à Presidência da República, Simone Tebet (MDB-MS), fez visita de cortesia ao governador Mauro Mendes (União), no Palácio Paiaguás. Além de elogios a gestão, a senadora admitiu que tratou sobre política eleitoral com o chefe do Executivo estadual e deixou claro estar ciente que um eventual apoio a seu projeto eleitoral está longe de acontecer, já que o partido de Mauro já tem um pré-candidato na disputa, o deputado federal Luciano Bivar. 

Leia também:
Em Cuiabá, Simone Tebet diz não ter medo de ser rifada assim como Doria e reforça acreditar em terceira via


“Óbvio que falamos de política, mas respeito a democracia para entender que o governador pertence hoje a um partido que também tem um pré-candidato. Mas a conversa foi ótima. Nós falamos de Brasil e das necessidades de Mato Grosso. E eu aproveitei para parabenizar o Estado sobre as obras que estão sendo lançadas não só com recursos federais, mas especialmente com recursos próprios, graças a um primeiro ano com muita contenção de despesa, de enxugar a máquina”, disse, nesta segunda-feira (23).

Além da pré-candidatura de Bivar, a composição com o presidente Jair Bolsonaro (PL) é outro fator que afasta a possibilidade de Tebet estar no mesmo palanque de Mauro, apesar de o MDB, até então, permanecer na base de sustentação do governador.

A aliança já foi confirmada por Bolsonaro e reforçada por Mauro, que deixou claro estar muito mais próximo do bolsonarismo em Mato Grosso.



Sobre a permanência do MDB no palanque de Mauro, em eventual candidatura à reeleição, Tebet afirma que os arcodos regionais devem ser respeitados.

“O MDB é municipalista, com palanques regionais, então é natural que tenhamos apoio de outros partidos, e em determinados momentos tenhamos que liberar o partido para apoiar outros candidatos. Da mesma forma que também receberemos apoio de candidatos que a princípio possam ter candidatos à Presidência da República. O processo está apenas começando”, completou.
 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet