Olhar Direto

Terça-feira, 28 de junho de 2022

Notícias | Cidades

sem negociação

Motoristas de ônibus cobram reposição salarial e ameaçam greve na região metropolitana

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Motoristas de ônibus cobram reposição salarial e ameaçam greve na região metropolitana
Motoristas do transporte coletivo que atuam na região metropolitana podem entrar em greve, caso os pedidos da categoria não sejam atendidos. Em assembleia geral realizada na última semana, os trabalhadores recusaram a proposta das empresas concessionárias do sistema.  

Leia também:
Homem é atingido por tiros no rosto após “brincadeira de mau gosto” em Cuiabá

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários da Baixada Cuiabana (Sintrobac) – a categoria defende reposição salarial de 12,5% e o pagamento de 50% do banco de horas em dinheiro, e 50% pagos por meio de folga, como compensação, e reajuste também de 12,5% nos demais benefícios.   

Na assembleia, ficou estabelecido ainda que esta é a terceira e última proposta, sem margem para negociação. Os trabalhadores e a direção do Sintrobac afirmam que já estão sem paciência. Em caso de recusa por parte das empresas, um movimento grevista já passa a ser organizado, com previsão de paralisação do transporte coletivo em Cuiabá e Várzea Grande.   

“Vivemos um momento muito cruel para os trabalhadores, a cada dia um novo aumento, dos combustíveis, da energia, dos alimentos. Enquanto os nossos salários seguem defasados! Já não há mais espaço para paciência, usaremos de todos os meios para sensibilizar as empresas diante de nossa proposta, que consideramos bastante realista e sensata”, declarou Edval Luiz, presidente do Sintrobac.   
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet