Olhar Direto

Sexta-feira, 01 de julho de 2022

Notícias | Cidades

PELO WHATSAPP

Mãe registra boletim de ocorrência após ver vídeo do filho amarrado em escola de VG

Foto: Reprodução

Proprietária da escola foi denunciada pela primeira vez em 2021

Proprietária da escola foi denunciada pela primeira vez em 2021

A mãe de uma criança de três anos registrou boletim de ocorrência após ver um vídeo do filho amarrado em uma escola no bairro Ipase, em Várzea Grande. A proprietária do local já havia sido denunciada pelo mesmo crime de maus tratos contra criança. 

Leia também 

Tatuagens e modus operandi revelam perfil serial killer de preso pela morte de jovem com mais de 30 facadas em Cuiabá

A nova denúncia foi feita na última terça-feira (24), na Delegacia Especializada da Mulher. A mãe da criança teria visto o vídeo do filho amarrado por acaso, enquanto olhava as postagens da escola no status do Whatsapp. 

De acordo com a Polícia Civil, na segunda-feira (23), a criança chegou em casa e a mãe percebeu que ele tinha um arranhão na orelha. Quando perguntou o que tinha acontecido, o filho disse que a tia havia puxado a orelha dele. 

No vídeo, a criança aparece amarrada com um pano branco em uma cadeira. A mãe teria questionado a dona da escola e ela respondeu que o menino estava muito agitado e não estava obedecendo. 

Em 2021, a Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande investigou denúncias de maus tratos ocorridos na creche. A proprietária do local respondeu ao Termo Circunstanciado de Ocorrência 90/2021 pelo crime de maus tratos (xingamento, desorganização do ambiente e castigos). 

 Um novo procedimento foi instaurado para averiguar a eventual situação, que está em apuração. A Polícia Civil está investigando o caso.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet