Olhar Direto

Sábado, 25 de junho de 2022

Notícias | Cidades

DURANTE DISCUSSÃO

Caseiro passa 1 mês na mata se alimentando de banana verde após matar patroa com marteladas

Foto: Reprodução

Martelo foi encontrado ao lado do corpo da vítima

Martelo foi encontrado ao lado do corpo da vítima

O caseiro do sítio onde Marlene da Conceição Torres, de 58 anos, foi encontrada morta com golpes de martelo em 1º de maio, foi preso nessa segunda-feira (20), em Barra do Bugres (a 158 km de Cuiabá), e confessou o homicídio. O homem, que não teve a identididade revelada, ficou escondido em região de mata se alimentando apenas de banana verde após o crime. 

Leia também 
Mulher é morta a marteladas em assentamento de cidade de MT; casal de 18 e 14 anos é suspeito

De acordo com a Polícia Civil, ele relatou que estava com medo de ser preso e estava magro por conta do tempo que passou na mata. Após ser detido, ele confessou que matou a antiga patroa após uma discussão.

O corpo de Marlene foi encontrado já sem vida por uma vizinha da vítima, na cozinha da casa, no assentamento Campo Verde, em Barra do Bugres. Ao lado do corpo, os policiais encontraram um martelo, possivelmente utilizado no crime.

A delegacia de Barra do Bugres instaurou inquérito para apurar o homicídio. As suspeitas iniciais recaíram sobre um casal de jovens que havia desferido golpes de facão, no dia anterior ao homicídio, contra um vizinho da vítima encontrada morta.

No decorrer das investigações, o casal foi preso em São José dos Quatro Marcos e deixou de ser suspeito do homicídio.

Durante as investigações foi analisado o círculo de amizade da vítima e um caseiro do sítio, que tinha um mandado de prisão em aberto por um homicídio em Comodoro.

Ele se tornou o principal suspeito do homicídio. Durante buscas no assentamento nesta segunda-feira (20), os policiais encontraram o investigado perto da casa da vítima. 

Na delegacia, ele foi interrogado pela delegada Renata Evangelista e confessou ter matado Marlene. Renata representou pela prisão preventiva e aguarda resultado do laudo pericial do martelo apreendido para a conclusão do inquérito policial.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet