Olhar Direto

Quinta-feira, 18 de agosto de 2022

Notícias | Política MT

CAPACITAÇÃO DE INFLUENCERS

Jajah defende investigação e nega que programa patrocinado por emenda seja reality show

Foto: JLSiqueira

Jajah defende investigação e nega que programa patrocinado por emenda seja reality show
Após polêmica referente a destinação de emenda parlamentar no valor de R$ 450 mil, o apresentador Jajah Neves utilizou suas redes sociais para negar que o programa Casa Digital MT seja um reality show. Ainda nas publicações, defendeu o pedido de investigação apresentado pelo autor da emendes, deputado Eduardo Botelho (União), ao Ministério Público Estadual (MPE).

Leia também:
Botelho aciona MP para denunciar uso de R$ 450 mil de emenda em 'reality' de influenciadores em VG

“A Casa Digital, muito longe do que estão dizendo que é um reality show, um Big Brother, é uma imersão de oito dias aonde capacita influenciadores que eles estão recebendo e eles receberam oito horas de carga horária com especialistas capacitados de todas as áreas”, disse Jajah.

O programa, idealizado pela Assembleia Legislativa e apoiado pela Secretaria Estadual de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), estava sendo divulgado como o primeiro reality show de Mato Grosso. Informação que gerou polêmica por envolver recursos públicos do estado.

Na sexta-feira (24), Botelho encaminhou ofício ao MPE pedindo a investigação e argumentando que a emenda foi destinada para a capacitação de influenciadores digitais mato-grossenses, com o objetivo de aprender a divulgar as potencialidades turísticas do Estado.

Jajah afirmou que as informações sobre o programa foram deturpadas, já que o Casa Digital MT se trata de uma imersão para capacitar os influenciadores a divulgar as potencialidades turísticas. “Infelizmente, as pessoas gostam de apedrejar aquilo que nem sabe do que se trata. O Estado de Mato Grosso está acontecendo um divisor de águas, aonde está capacitando influenciadores e vendendo as capacidades turísticas. O fundamento da Casa Digital é preparar qualificar capacitar influenciadores”.

“Então, é uma imersão de estudo dentro dessa casa, aonde foi filmado ao vivo, dentro dos quartos. Não foi uma casa de lazer, mas uma área de trabalho na qual tenho muito orgulho de ter apresentado e auxiliado na organização”, completou.

O programa confinou dez blogueiros e influenciadores por oito dias em uma chácara do distrito de Bom Sucesso, em Várzea Grande. Nesse período, tiveram que produzir conteúdos promovendo as atividades turísticas. O ganhador, segundo perfil oficial do programa, foi o influencer Leo Macedo, que ganhou R$ 16 mil.
 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet
x