Olhar Direto

Terça-feira, 16 de agosto de 2022

Notícias | Esportes

ZONA DA DEGOLA

Após revés diante do Goiás, auxiliar técnico do Cuiabá acredita em melhora na eficiência ofensiva para converter finalizações em gols

Foto: AssCom Dourado

Após revés diante do Goiás, auxiliar técnico do Cuiabá acredita em melhora na eficiência ofensiva para converter finalizações em gols


O auxiliar técnico do Cuiabá, Bruno Lazaroni comandou o time na derrota por 1 a 0 contra o Goiás neste domingo (26), após António Oliveira ser suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo no campeonato. Lazaroni disse em coletiva de imprensa que o volume ofensivo empenhado pelo elenco foi razoável, mas insuficiente para criar oportunidades claras de gol. Com o revés diante do Esmeraldina, o Dourado somou cinco derrotas fora de casa e estacionou na zona da degola por mais uma rodada.

Leia mais: 
Técnico do Cuiabá diz que time precisa melhorar intensidade ofensiva após empate com Ceará


Mesmo com duas bolas na trave no primeiro tempo contra o Goiás, o time não conseguiu abrir o placar e a ofensividade não teve eficiência. “Vínhamos batendo na tecla de que às vezes a gente tinha volume ofensivo, mas não estava conseguindo criar oportunidades claras de gols. No primeiro tempo tivemos duas bolas na trave, volume ofensivo bom, número considerável de cruzamentos, mas não aproveitamos”.

Agora, com uma semana de intervalo para o próximo duelo no domingo (3), diante do Avaí, Bruno acredita que haverá tempo para estimular situações e solidificar formas de jogar para o time poder converter a intensidade ofensiva em gols.

“Poder trabalhar nas quatro maneiras que enxergamos que podemos fazer gols: cruzamentos, bola paradas, finalizações de fora de área, movimento de infiltração. Porque aumentando nosso repertório ofensivo, a gente vai aumentar o número de finalizações e, melhorando a eficiência a gente vai conseguir as vitórias que esse grupo merece pela maneira que ele vem sorvendo as informações e trabalhando ao longo dessas semanas”.

A derrota para o Esmeraldina neste domingo aumentou a insegurança do Cuiabá em se manter na elite do futebol, deixando o time estacionado na zona do rebaixamento em 18º lugar, com apenas treze pontos. Agora, a disputa pela fuga no Z-4 se estreita entre Fortaleza, Juventude, Cuiabá, América-MG e Coritiba.

Esta foi a quinta vez que o Auriverde da Baixada sofre derrota para o time goiano. No retrospecto, são sete partidas no total com cinco vitórias do Esmeraldina, uma do Dourado e um empate.

Histórico

Com rivalidade antiga pelo Centro-Oeste do país, Dourado e Esmeraldina já se enfrentaram em sete ocasiões diferentes. Os primeiros dois confrontos aconteceram em 2004, pela Copa do Brasil, com o Goiás ganhando as duas partidas.

Depois em 2017, também pela Copa, Goiás goleou por 4 a 0 e, na volta, empatou por 1 a 1. A rivalidade chegou até a Copa Verde em 2019 e o time goiano venceu o primeiro jogo por 1 a 0 e depois o Auriverde conquistou seu primeiro mérito por 4 a 3 nas penalidades.

Pelo retrospecto, o Goiás chegou como favorito para o confronto deste domingo, tendo em vista que venceu quatro das seis partidas que disputou.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet
x