Olhar Direto

Terça-feira, 09 de agosto de 2022

Notícias | Política MT

Discussões nacionais

Rosa Neide confirma conversas com Neri e alerta que há outras pessoas almejando apoio da federação

27 Jun 2022 - 17:22

Da Redação - Isabela Mercuri / Do Local - Airton Marques

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Rosa Neide confirma conversas com Neri e alerta que há outras pessoas almejando apoio da federação
A deputada federal Rosa Neide (PT) confirmou que seu colega de Congresso, pré-candidato ao Senado Neri Geller (PP), tem conversado com a federação PT, PV e PCdoB e que há possibilidade de ele ser o nome do grupo nas eleições. No entanto, disse que não há nada decidido e que tem “outras pessoas almejando” este lugar.

Leia também:
Com aproximação de Mauro e Wellington, Neri abre discussão com PT sobre aliança em Mato Grosso

Nesta segunda-feira (27), de acordo com a parlamentar, a presidenta da Federação, Gleisi Hoffman, esteve em reunião para discutir as solicitações feitas. “Depois, nós seremos chamados enquanto federação de Mato Grosso para ouvir a discussão e opinar. Depois disso que tem algum encaminhamento”, esclareceu.

Ainda segundo a petista, essa aproximação de Neri não tem a ver com a abertura de Lula ao agronegócio. Ela explicou que quem faz as discussões sobre as candidaturas é Gleisi, e não Lula, e ainda argumentou que o agro está em contato direto com o ex-presidente.

“Lula está na frente nas pesquisas, quando ele foi presidente o agro teve um financiamento para produção muito forte, as pessoas não esquecem disso. Tinha financiamento, juros baixos, todos os silos de Mato Grosso, praticamente, foram construídos com recursos do BNDES naquele momento... e inicialmente parece que tem aquela coisa, ‘nós somos oposição’, mas depois as pessoas lembram do programa e vai discutindo. Todos esses grandes nomes do agro têm oportunidade de falar com o presidente, estão falando, agora, se isso vai se transformar em apoio, em voto... aí a gente vai esperar”.

A aproximação de Neri vem à tona num momento em que o governador Mauro Mendes (UNIÃO), apesar de ainda não ter anunciado apoio, está cada vez mais próximo do senador Wellington Fagundes (PL). Apesar de fazer parte do Centrão no Congresso Nacional e ter apoiado as pautas mais polêmicas do presidente Jair Bolsonaro (PL), Neri não enfrentaria problemas em seguir com o grupo nacionalmente liderado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, já que tem bom relacionamento com os petistas, resultado do período em que foi ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) no Governo Dilma Rousseff.

Uma das possibilidades seria compor uma chapa com a primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro (PV), na suplência de Neri. Para Rosa Neide, não haverá problemas dentro da federação para estas articulações. “Essas discussões são muito tranquilas. A federação, os três partidos sempre se colocaram, o projeto maior é a eleição do presidente Lula. Então o que for para compor, isso é tranquilo, por enquanto a gente não tem ninguém do grupo desentoando neste sentido”, completou.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet
x