Olhar Direto

Terça-feira, 09 de agosto de 2022

Notícias | Política MT

Após polêmicas

Governador enviará à AL projeto para limitar emendas da cultura somente a artistas de MT

27 Jun 2022 - 18:18

Da Redação - Isabela Mercuri / Do Local - Érika Oliveira

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Governador enviará à AL projeto para limitar emendas da cultura somente a artistas de MT
O governador Mauro Mendes (UNIÃO) afirmou que vai enviar à Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) um Projeto de Lei para limitar os recursos públicos de emendas parlamentares somente para artistas mato-grossenses. Ele afirmou, ainda, que deve colocar um ‘freio de arrumação’, diante de tantas polêmicas.

Leia também:
Botelho afirma que foi ludibriado ao destinar emenda de R$ 450 mil para 'Casa Digital': "muita tristeza e de certa forma até envergonhado"

“O apoio à cultura precisa ter, apoio a projetos culturais importantes, mas temos que apoiar cidadãos mato-grossenses, o artista mato-grossense. Eu vou mandar uma lei para a Assembleia que vai limitar os recursos da cultura aos artistas mato-grossenses. Se alguém quer fazer um show nacional, ok, pode fazer, ninguém está proibido de fazer, agora, o dinheiro público mato-grossense é para apoiar os artistas mato-grossenses, a cultura mato-grossense”, disse na tarde desta segunda-feira (27).

O governador também comentou o uso de emendas parlamentares para projetos como a ‘Casa Digital’, outra polêmica dos últimos dias. Segundo Mauro, por ser impositivo, o Executivo não tem como impedir. “As emendas são impositivas, o governo tem por tradição acolher a indicação dos deputados, até porque se a gente não faz, cria um problema político com eles”, afirmou.

“Agora, podemos até discutir, a partir de um caso concreto, e eu já estou até preparando, vou mandar para a Assembleia essa semana, um projeto de lei para a gente normatizar um pouco essa história, até para acabar um pouco essas confusões, tem dado muita polêmica, acho que precisamos fazer um freio de arrumação”, completou.

A ‘Casa Digital’ confinou dez blogueiros e influenciadores por oito dias em uma chácara do distrito de Bom Sucesso, em Várzea Grande. Nesse período, tiveram que produzir conteúdos promovendo as atividades turísticas. O ganhador, segundo perfil oficial do programa, foi o influencer Leo Macedo, que ganhou R$ 16 mil. No termo de fomento publicado no Diário Oficial do Estado, aparece como objeto do convênio “Realizar o reality INFLUENCIADOR DIGITAL (Casa Digital)”, com valor de R$ 450 mil oriundos de emenda parlamentar do deputado Eduardo Botelho.

O parlamentar, também nesta segunda-feira (27), disse estar envergonhado por ter sido “ludibriado” ao apresentar a emenda. Ele explicou que o objetivo era apoiar uma iniciativa que iria capacitar influenciadores digitais a divulgarem o turismo mato-grossense e não patrocinar um reality show, ao estilo do Big Brother Brasil.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet
x