Olhar Direto

Quinta-feira, 18 de agosto de 2022

Notícias | Política MT

de olho no Senado

Emanuelzinho diz que não é impossível Márcia ser suplente de Neri, mas no momento ela mantém candidatura própria

28 Jun 2022 - 10:00

Da Redação - Isabela Mercuri / Do Local - Michael Esquer

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Emanuelzinho diz que não é impossível Márcia ser suplente de Neri, mas no momento ela mantém candidatura própria
O deputado federal Emanuelzinho (MDB) afirmou que ‘não é impossível’ que sua mãe, a primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, componha com o pré-candidato ao Senado Neri Geller (PP) e seja primeira suplente. No entanto, o parlamentar garantiu que, por ora, Márcia mantém candidatura própria ao Senado.

Leia também:
Neri diz que diálogo com federação do PT está bem encaminhado e garante PSD “100% alinhado” com articulação

“É um diálogo, Neri é um deputado que eu sou colega hoje, tenho muita simpatia pelo trabalho dele, vejo como grande candidato, agora, a Márcia também está colocando seu nome, como uma mulher preparada, que tem feito um grande trabalho pelo social de Cuiabá, e agora possível composição... não é impossível, mas no momento Márcia Pinheiro mantém candidatura própria”, disse, na noite da última segunda-feira (27).

Nesta semana, os rumores de que Neri teria se aproximado da federação PT, PV e PCdoB aumentaram. O próprio pré-candidato afirmou que o diálogo estava “bem encaminhado” e que o PSD, do senador Carlos Fávaro, está “100% alinhado” com a articulação.

A federação, por sua vez, ainda não decidiu um nome ao Senado. Cada partido apresentou suas opções. Além de Márcia, pelo PV, há a professora Enelinda, do PT, e Aluisio Arruda, do PCdoB. Neri contou que recebeu a presidente nacional da federação, deputada federal Gleisi Hoffmann, em seu gabinete em Brasília na sexta-feira (24) e conversou sobre a possibilidade de compor com os partidos de centro-esquerda. A expectativa é de que até na próxima semana haja uma confirmação ou não da aliança.

Caso Márcia seja a candidata do grupo, Emanuelzinho afirmou que pedirá licença ao MDB – que apoia a candidatura de Neri – para apoiar sua mãe. “Se ela for vir a suplente do Neri, o MDB já está apoiando o Neri, então já vai caminhar junto”, completou.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet
x