Olhar Direto

Quarta-feira, 10 de agosto de 2022

Notícias | Política MT

CANDIDATURA AVULSA

Rosa Neide diz que Natasha pode disputar em chapa com federação, desde que apoie Lula: ‘esperamos decisão do PSB’

Foto: Olhar Direto

Rosa Neide diz que Natasha pode disputar em chapa com federação, desde que apoie Lula: ‘esperamos decisão do PSB’
Apesar do distanciamento entre o PT e PSB em Mato Grosso, a deputada federal Rosa Neide afirmou que há a possibilidade de o grupo contar com a candidatura da médica Natasha Slhessarenko ao Senado, mesmo que a federação tenha um outro candidato ao cargo. A única condição seria a pré-candidata seguir a decisão nacional de sua legenda e apoiar o ex-presidente petista Luiz Inácio Lula da Silva.

Leia também:
Bezerra diz desconhecer conversas de Neri com Federação da esquerda, mas que ‘não se pode dispensar apoio’

A questão é que Natasha já declarou que estar no mesmo palanque da federação é “extremamente interessante”, levando em consideração o fato de Geraldo Alckmin, filiado ao PSB, ter sido confirmado como vice da chapa de Lula. Em Mato Grosso, no entanto, o partido presidido pelo deputado estadual Max Russi sempre manteve distancia do grupo petista, chegando a se posicionar contrário a inclusão da sigla na federação.

Com tal fato, a federação passou a discutir nomes das três legendas para disputar a vaga no Senado e, na semana passada, passou a tratar sobre uma composição com o deputado federal Neri Geller (PP), pré-candidato a senador com o apoio do PSD e MDB.

Segundo Rosa Neide, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já definiu que coligações podem ter mais de uma candidatura nas eleições de outubro.

“Essa questão de Senado, pode ter mais de um senador apoiando o mesmo palanque. E isso a legislação eleitoral permitiu. Pode ter um atrelado diretamente àquela coligação e outros que eles estão chamando de ‘avulsos’. Então aí depende de Natasha, ela está no PSB, o PSB é da coligação nacional, então acho que ela, por fidelidade partidária, deve apoiar o presidente Lula, isso nós estamos esperando a fala do PSB de Mato Grosso”, declarou.

A decisão do TSE foi tomada na semana passada. Sendo assim, caso o PSB siga ordem da Executiva nacional e faça parte da coligação com a federação, Natasha poderá disputar, desde que não seja por um grupo diferente do formado para a disputa pelo Palácio Paiaguás.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet
x