Olhar Direto

Quinta-feira, 18 de agosto de 2022

Notícias | Cidades

Impunidade Zero

Operação contra violência doméstica e estupro de vulnerável prende seis em Lucas do Rio Verde; três foragidos

Foto: Divulgação

Imagem dos foragidos divulgada pela Polícia Civil

Imagem dos foragidos divulgada pela Polícia Civil

A Polícia Judiciária Civil de Lucas do Rio Verde (354 quilômetros de Cuiabá), através do Núcleo de Atendimento a Criança, Adolescente, Idoso e a Mulher, deflagrou neste mês de junho a operação Impunidade Zero, que resultou na prisão de seis suspeitos. Com resultado da operação, a Polícia Civil divulgou a fotografia de três foragidos da justiça.

Leia também:  

Operação da PF cumpre 13 mandados de busca em MT contra grupo que atua no comércio ilegal de ouro

Os crimes vão desde violência doméstica a estupro de vulnerável. Foram quatro presos em flagrante delito e outros dois por mandado de prisões expedidos pelo juiz criminal.

O objetivo da operação é a conclusão de inquéritos policiais que envolvem a violência doméstica e familiar.

Eugênio Rudy Júnior, delegado responsável pelo Núcleo, explica que “foram realizadas cinco prisões em flagrante, dois cumprimentos de mandados de prisões preventivas e a conclusão de 123 inquéritos policiais que versam sobre violência doméstica. O mais importante, no entanto, mais do que as prisões, são as conclusões dos inquéritos policiais, por isso o nome da operação Impunidade Zero. Ou seja, quando a autoridade policial conclui o inquérito e o encaminha ao Ministério Público, de fato vai haver uma efetividade nas investigações, pois o MP vai fazer a denúncia (ao juiz criminal) e de fato haverá a ação penal.”

Os procedimentos inibem a persistência delitiva dos agressores. Há casos onde os suspeitos já possuem mais de um inquérito policial e isso acaba sendo favorável para que a policia possa evitar que crimes continuem acontecendo e as vitimas venham a sofrer sofrendo nas mãos dos agressores.

Ressalta-se que, no ano passado a Polícia Judiciária Civil de Lucas do Rio Verde deflagrou a Operação Acalento, onde o objetivo era a conclusão de 20 inquéritos policiais relacionados a crimes de estupro de vulnerável.  O número de inquéritos ultrapassou, chegando a conclusão de 150, sendo que desses 130 foram ajuizados.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet
x