Olhar Direto

Terça-feira, 16 de agosto de 2022

Notícias | Cidades

paccola foi liberado

Agente morto por vereador entrou na contramão e partiu armado contra namorada: veja o que diz o BO

Foto: Reprodução

Agente morto por vereador entrou na contramão e partiu armado contra namorada: veja o que diz o BO
O Boletim de Ocorrência registrado pela Polícia Militar informa que o agente socioeducativo Alexandre Miyagawa, 41, morto pelo vereador Tenente Coronel Paccola (Republicanos) na noite da última sexta-feira (1) estava apontando uma arma para a própria namorada. Alexandre, também conhecido como ‘Japão’, teria entrado na contramão em alta velocidade na avenida Arthur Bernardes, atrás do Choppão, por volta das 19h30.

Leia também:
Paccola diz que matou agente socioeducativo para defender mulher que estava ameaçada
 
Testemunhas narraram aos policiais que viram o veículo em alta velocidade e, em seguida, ouviram um barulho alto, que parecia ser de um acidente. Logo viram Japão e a namorada discutindo no meio da rua, o que causou congestionamento. Os dois aparentavam estar sob efeito de álcool.
 
O tenente coronel Paccola estava passando pelo local e uma pessoa o avisou que havia um homem armado. Ele desceu de seu carro e foi verificar o que estava acontecendo. Ao se aproximar, viu a discussão, se identificou e pediu que Japão abaixasse sua arma. Em determinado momento, o agente teria esboçado uma reação, e Paccola atirou.
 
A arma de Japão foi recolhida porque a namorada dele tentou pegá-la. Ela estava “bem agitada” e sob efeito de álcool, e ainda tentou pegar a arma da mão dos policiais. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou o óbito de Alexandre.
 
Paccola foi levado à Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e entregou sua arma no ato de sua apresentação. Ele foi deixado na delegacia pela Polícia Militar, mas foi liberado no final da noite.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet
x