Olhar Direto

Terça-feira, 16 de agosto de 2022

Notícias | Política MT

GRANDE DECISÃO

Natasha irá conceder coletiva de imprensa para anunciar saída das eleições

Foto: Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Natasha irá conceder coletiva de imprensa para anunciar saída das eleições
A médica Natasha Slhessarenko (PSB) revelará na próxima segunda-feira (08), durante entrevista coletiva, sua desistência das eleições. A decisão vem após o presidente de seu partido em Mato Grosso, Max Russi, anunciar que ela recuou da candidatura ao Senado. A informação foi divulgada com exclusividade pelo Olhar Direto na noite da última sexta-feira (05).

Leia Mais:
Max Russi confirma recuo de Natasha e diz que PSB vai apoiar Mauro Mendes

Nos bastidores, comentava-se que a médica ainda avaliava a possibilidade de concorrer a deputada estadual ou federal.

Natasha irá afetar drasticamente as chapas do PSB, uma vez que além de abalar as candidaturas proporcionais do partido com o desgaste de seu recuo, a ex-senadora Serys Slhessarenko também poderá acompanhar a decisão da filha e desistir de sua candidatura a deputada federal.

Serys havia aceitado o desafio na condição de o PSB garantir a candidatura de Natasha ao Senado, o que acabou não se concretizando.

A médica ficou sem espaço após o governador Mauro Mendes (União) declarar seu apoio a Wellington Fagundes (PL) como candidato ao Senado e fechar o palanque. Apesar disso, Max Russi declarou que caminhará com Mauro em sua reeleição e não com a Federação Brasil da Esperança (PT-PV-PCdoB), ao qual seu partido tem como nome à vice-presidência ao lado do PT, o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin.

Max Russi tinha dito que possuía algumas ‘cartas na manga’ caso o governador quebrasse sua promessa de palanque aberto, que agregaria mais de uma candidatura ao Senado. Havia cogitado lançar uma chapa pura e independente. Também levantou a possibilidade da coligação com outros partidos, mas o tempo acabou e Mauro bateu o martelo às vésperas do fim das convenções na última quinta-feira (4), à noite. Isso inviabilizou as alianças que Russi poderia costurar.

Convidado pela Federação, o PSB não demonstrou interesse e Max chegou a dizer que muita coisa precisaria mudar para que ele aceitasse a aliança. Neri Geller (PP), nos bastidores, chegou a oferecer a sua suplência à Natasha, mas ela recusou.

(Atualizada às 14h06)
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet
x