Olhar Direto

Quarta-feira, 17 de julho de 2024

Notícias | Política MT

'NOVA OPORTUNIDADE'

Jayme sugere que governo traga gaúchos afetados pela enchente no RS para morar em MT

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Jayme sugere que governo traga gaúchos afetados pela enchente no RS para morar em MT
O senador Jayme Campos (União) defendeu que o Governo Federal traga para Mato Grosso os moradores do Rio Grande do Sul que foram afetados pelas enchentes. Ao apresentar sua ideia durante a sessão desta terça-feira (21), Jayme comentou que a União tem uma “imensidão” de terras que poderiam ser doadas para que as famílias gaúchas possam reconstruir a vida no estado.


Leia também
Nelson Barbudo é empossado na Câmara e promete ser 'fiscalizador ferrenho' do governo Lula


Além disso, ele destacou que ao invés do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fazer “arranjos” para ajudar a população, deveria fazer um grande programa em Mato Grosso que possibilite que a vinda dos gaúchos, assim como aconteceu nos anos 80 quando várias famílias da região vieram para o estado e construíram cidades e impulsionam o agronegócio.

“Aquele estado prosperou, desenvolveu, feito com a participação efetiva do gaúcho e de todos os brasileiros que ali se aportaram. Portanto, eu acho que vale a pena nós propormos aqui um ciclo de debate. Eu não sei qual o melhor encaminhamento. E pedir para que, com a participação do Governo Federal, dos governos, principalmente do meu Estado do Mato Grosso, possamos levar essas famílias para lá porque não pode continuar”, disse.

Para reforçar sua posição, ele comentou que, em número populacional, Mato Grosso tem capacidade de abrigar mais de 9 milhões de habitantes, bem aquém da quantidade dos que vivem no estado, que gira em torno de 3 milhões.

“De forma que eu estava pensando, com meus botões: por que não, em um trabalho conjunto e com conjugação de esforços entre o Governo Federal, o governo do estado e a própria prefeitura, nós convidarmos alguns milhares de brasileiros do Rio Grande do Sul e levarmos para o nosso estado? Eu acho que seria uma atitude de respeito, de dar novas oportunidades para o crescimento dessas famílias que, certamente, hoje estão à mercê de uma política responsável e justa”, frisou.
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet