Olhar Direto

Domingo, 21 de julho de 2024

Notícias | Cidades

guerra de facções

Comando Vermelho está perdendo domínio da rota do tráfico para o PCC, aponta levantamento

Foto: reprodução

Comando Vermelho está perdendo domínio da rota do tráfico para o PCC, aponta levantamento
Dados do Atlas da Violência apontam que a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) está assumindo o comando da principal rota usada para o tráfico de drogas em Mato Grosso. A guerra com a principal facção criminosa do estado, Comando Vermelho, resultou em uma taxa elevada de mortes na fronteira.


Leia também
Atlas da Violência aponta Sorriso como 7ª cidade mais violenta do país


De acordo com as informações do documento, a região que faz fronteira entre Mato Grosso e Bolívia se tornou palco dos maiores confrontos do país.

Apesar do Comando Vermelho atuar com hegemonia no estado, a facção criminosa não tinha o domínio da rota rodoviária usada para escoar entorpecentes para São Paulo e Paraná. O trecho passa pela cidade de Sorriso que, segundo o levantamento, continua no topo do ranking nacional com uma taxa elevada de homicídios.

Entretanto, uma das principais cidades usada para a entrada de drogas no estado é Cáceres.

"Devido aos conflitos, membros do CV deixaram a facção e criaram a Tropa Castelar, que se aliou ao PCC no final do ano. Essa dinâmica levou o município de Sorriso à sétima colocação no ranking de taxa de homicídios (entre municípios com mais de cem mil habitantes) e trouxe altíssimos índices também para Aripuanã e Colniza, todos no Norte-Matogrossense. Já no sudoeste do estado, sobressalta-se o município de Barra do Bugres, cenário de chacinas e mortes muito violentas inclusive em ações policiais", diz trecho do documento.

Sorriso é considerada uma das cidades mais violentas do país.  Segundo os dados do Censo 2022, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Sorriso possui uma população estimada de 110.635 pessoas. Ao todo, 77 homicídios foram registrados na cidade, e dados apontam ainda para um homicídio oculto.
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet