Olhar Direto

Terça-feira, 23 de julho de 2024

Notícias | Política MT

PERSONA NON GRATA

Barranco nega qualquer ligação da federação e de Lúdio com Emanuel: 'somos oposição'

Foto: J L Siqueira/ALMT

Barranco nega qualquer ligação da federação e de Lúdio com Emanuel: 'somos oposição'
Temendo qualquer vínculo com o governo de Emanuel Pinheiro (MDB), o presidente do PT em Mato Grosso, deputado estadual Valdir Barranco, negou ligação do partido com o atual prefeito da cidade, principalmente do pré-candidato da Federação Brasil da Esperança, o deputado Lúdio Cabral, com o emedebista.


Leia também
Nininho aguarda encontro com Fávaro para discutir saída do PSD: 'não quero bater continência a ninguém'


Na eleição de 2020, o PT teve uma candidatura própria para prefeitura, que era encabeçada pelo advogado e ex-procurador federal, Julier Sebastião. No entanto, não conseguiu votos necessários para o segundo turno.
Diante do cenário, entre Emanuel e Abilio Brunini (PL), os petistas consideravam melhor na época deixar o grupo livre, mas manifestando um certo apreço pela reeleição do prefeito.

“Qual a relação do PT com o Emanuel aqui em Cuiabá? Nós temos uma vereadora, a vereadora Edna Sampaio, que sempre foi oposição Emanuel. Então não sei onde está essa amizade. O deputado Lúdio, até onde eu sei não tem, que é o nosso candidato em Cuiabá, não tem esse vínculo de amizade com o Emanuel, nunca vi”, frisou.

Em maio, PT, PCdoB e PV anunciaram como pré-candidato a esquerda Lúdio Cabral, após um entrave com o vice-prefeito José Roberto Stopa (PV). As siglas também caminharam com Emanuel em 2022, quando a esposa dele, primeira-dama Márcia Pinheiro, aceitou ser candidata ao governo do estado, garantindo um palanque para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no estado.

Mas as ligações foram cortadas diante do desgaste do governo do emedebista. Com isso, a esquerda tem se aproximado mais do PSD, de Carlos Fávaro.

“Nas eleições para deputado e para governo tivemos a candidatura que foi encabeçada pela Márcia Pinheiro. Agora, o Emanuel é do MDB, está saindo agora da condição de prefeito. Não sei nem se ele vai ter candidato a prefeito que o MDB apoiará. A federação já se definiu e tem uma aliança muito forte com o PSD do nosso ministro Carlos Fávaro. Essa é a relação. Se nós tivermos um candidato a vice de Lúdio, provavelmente sairá do PSD”, ressaltou.
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet