Olhar Direto

Quarta-feira, 17 de julho de 2019

Notícias / Política MT

Em Brasília, Taques vai defender moratória da dívida dos estados e municípios com a União

Da Redação - Patrícia Neves

01 Fev 2016 - 08:03

Em Brasília, Taques vai defender moratória da dívida dos estados e municípios com a União
O governador Pedro Taques (PSDB) defende na data de hoje, 1, em Brasília, a moratória das dívidas do Estados com a União pelo período de três anos. A medida é tida pelo tucano como fundamental para garantir margem a novos investimentos.  Taques participa nesta manhã de uma reunião com o secretário de segurança pública, Fábio Galindo, onde assina termo para ampliar investimentos para área e, na sequência, viaja  para reunião do Fórum Permanente dos Governadores.
 
Leia Mais:
Taques defende moratória de 3 anos para dívidas dos Estados; MT passa de R$ 5 bilhões

Somente Mato Grosso possui mais de R$ 5 bilhões de dívidas com a União e, para piorar, uma parte está amarrada contratualmente em dólar, com o Bank Of América.  “É um debate imprescindível, porque os estados estão asfixiados, sem capacidade de investimento”, ponderou ele em recente entrevista ao Olhar Direto.
 
Segundo ele, a medida (moratória) já foi tomada em 1998, durante o primeiro mandato do então presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB)
 
Segundo o Governo do Estado, no encontro, os governadores devem tratar ainda da retomada das operações de crédito que necessitam de autorização do Governo Federal. O Governo do Estado tenta destravar junto à União a liberação dos recursos do programa Pró-Concreto.
 
Em 28 de dezembro do ano passado, os governadores se reuniram em Brasília e cobraram do ministro Nelson Barbosa a regulamentação da proposta que mudou o indexador dos juros da dívida pública. No outro dia após a reunião, o Governo Federal editou o Decreto 8.616 atendendo a reivindicação e alterando o indexador.

20 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Ilse
    02 Fev 2016 às 11:49

    Caloteiro...falta de competência dá nisso! Se trabalhasse com mais afinco, não haveria necessidade disso.

  • ana de campos
    01 Fev 2016 às 23:03

    PEDRO TAQUES, o Governador QUE ORGULHA MATO GROSSO! PEDRO TAQUES, o político A SERVIÇO DO CIDADÃO! Atenção. Mato Grosso NÃO MERECE PEDRO TAQUES.

  • feliciano
    01 Fev 2016 às 21:44

    Uma solução mais fácil e errada. Criará uma reputação de caloteiro. Quem investiria em um local que pensa assim. O rating das operações de crédito serão rebaixadas dificultando e encarecendo o crédito. E imagina soltar as amarras do controle das contas públicas estaduais. Se com controle os estados estão falidos imagina sem. Os políticos sempre querem dar um jeitinho. Já se esqueceram dos BEMATS da vida e nem perceberam que dar uma de Grécia do Cerrado não vai resolver o problema que o próprio governo criou.

  • tito lampreia
    01 Fev 2016 às 18:08

    MOSTRE QUE SER "HOMI "vou de thaxis", declare moratória!!! Teremos muita credibilidade junto a comunidade internacional!!! Quem sabe na próxima safra os bancos e as trade pensaram duas vezes ao nosso respeito!

  • Rondon
    01 Fev 2016 às 16:05

    Que Deus tenha piedade de nós, os com bom senso. Pois o peso do voto dos ignorantes tem o mesmo peso do nosso voto. Até onde seu moratória é um suspensão temporária de pagamento da dívida e não a extinção da mesma. Isso seria bem vindo, pois sobraria mais dinheiro para investimentos durante esses 3 anos. E quando voltasse a pagar, MT já teria um infra melhor, com grande capacidade de atender as demandas as demandas privadas e com certeza o dólar terá baixado e assim a dívida seria menor.

  • Leandro
    01 Fev 2016 às 13:07

    Será que vai ter Calote para o Servidor ? Ficar sem salário ??? ESTOU COM MEDO DESTE GOVERNADOR !!!!!!!!!!!

  • Leandro
    01 Fev 2016 às 13:07

    Será que vai ter Calote para o Servidor ? Ficar sem salário ??? ESTOU COM MEDO DESTE GOVERNADOR !!!!!!!!!!!

  • Carlos Nunes
    01 Fev 2016 às 12:52

    Ih! A dívida do governo do Estado com a União é só de R$ 5 Bilhões...recentemente o Jornal da Rede TV informou que...o lucro da FIFA com a Copa 2014 foi de U$ 5 BILHÕES DE DÓLARES, mais de 20 BILHÕES DE REAIS, isento de pagamento de impostos, o que daria para pagar a dívida de MT 4 vezes. Chegou, mandou no Brasil, fez um Acordo mais uma lei da Copa que só deu para ela e para todos os seus patrocinadores Vantagens e mais Vantagens, sem meter a mão no próprio bolso, fez a turma trabalhar com recursos próprios para montar todo o Circo, determinou para onde deviam ir os investimentos, e ainda saiu de bolso cheio. O cara que ameaçou dar um pontapé na b... dos idiotas que não cumprissem o cronograma das obras, não pode vir mais, pode está sendo investigado por passar a mão no dinheiro. Deviam deixar ele vir, para dar um pontapé na b... de idiotas, caprichado, de bicuda. E ainda tomamos de 7 X 1 da Alemanha.

  • Laura
    01 Fev 2016 às 12:36

    Uai, se O Governo Federal tem dinheiro para mandar para Cuba, Venezuela e perdoar dívida de pais africano, com que cara que vai negar o pedido de moratória por três anos aos Estados Brasileiros?

  • Pedro
    01 Fev 2016 às 10:56

    Quanta ignorância nesses comentários.

Sitevip Internet