Olhar Direto

Notícias / Política MT

Governo Taques deve liberar viaduto da Sefaz meses antes do previsto; primeira correção do consórcio VLT

Da Redação - Ronaldo Pacheco

15 Abr 2015 - 16:16

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Governo Taques deve liberar viaduto da Sefaz meses antes do previsto; primeira correção do consórcio VLT
Contrariando as projeções de técnicos do próprio governo, a primeira obra de mobilidade urbana da Copa do Pantanal Fifa 2014 corrigida por determinação do governador Pedro Taques, o viaduto Jamil Nadaf – popularizado como elevado da Sefaz – deve ser entregue em julho. Como iniciaram no período de chuvas, em fevereiro, por determinação do governador José Pedro Taques (PDT0, a previsão inicial era de que as obras de reforma do viaduto estivessem concluídas em outubro ou novembro.
 
O secretário Eduardo Chiletto, de Cidades, explica que os reparos que vêm sendo realizados se encontram em estágio avançado. Todavia, alertou que as interferências no trânsito local serão mantidas até a conclusão das obras. Chiletto observou que a finalização das obras implicará em melhorias de tráfego para a região. Ainda em relação ao elevado, perícia realizada pela Laboratório de Sistemas Estruturais Ltda (LSE) aponta que não há risco de desabamento, conforme se ventilou no começo do ano.
 
O término das obras foi tratada durante reunião entre profissionais da Secretaria de Estado das Cidades e membros do Consórcio VLT Cuiabá-Várzea Grande, responsável pelas obras. Em entrevista anterior á reportagem do Olhar Direto, Chiletto tinha previsto um prazo maior de reforma.
 
 
O secretário-adjunto  Augusto César Figueiredo, de Planejamento Urbano da Secid, explica que os trabalhos estão acontecendo nos turnos diurno e noturno, conforme informações repassadas pelo próprio Consórcio. E os reparos compreendem quinze etapas de construção que estão sendo realizadas de forma conjunta, obedecendo a critério técnico.
 
Execução técnica
 
O relatório entregue pelo Consórcio VLT Cuiabá-Várzea Grande revela que  a primeira etapa realizada foi a inserção das estacas raiz para o reforço da fundação. Os materiais foram colocados nos pilares do viaduto e estão dispostos embaixo da terra. Junto destas também foram inseridas estacas de prova de carga.
 
Com a finalização deste trabalho, começaram a ser executadas as ações de cimbramento, que é uma estrutura de suporte provisória utilizada durante o processo de construção e que, posteriormente, é retirada com a finalização da obra. Junto a este estágio também foi executado a colocação de concreto magro na região dos pilares do elevado.
 
A terceira etapa compreendeu a realização de escavações em torno dos blocos de fundação. De acordo com informações do Consórcio VLT, somente o quinto pilar ainda se encontra nesta fase devido a necessidade do fluxo de veículos no local. Com a finalização das escavações, a etapa a seguir foi a de execução dos lastros de concreto para regularização do espaço e, ainda a elaboração do apicoamento e dos arranques nos blocos já existentes.
 
A etapa a seguir contou com a montagem de armação e concretagem do reforço de cada bloco. O apicoamento dos pilares já existentes foi feito na sequência. Já a oitava etapa de trabalho compreendeu a execução do reforço com concreto em todos os pilares e, posteriormente, o reaterro dos blocos de fundação.
 
A partir da 10ª etapa, os reparos passaram a compreender a parte superior do viaduto, ou seja, onde está localizada a pista de tráfego de veículos. O espaço está passando por ações de reforço com aço e os aparelhos de apoio estão sendo trocados. A armadura ativa da pista também está sendo reforçada com cabos de protensão e fibra de carbono.
 
Ao final das atividades de engenharia, o viaduto será recomposto por pavimento, guarda-rodas (balizadores de tráfego) e sinalização necessária.
 
O governador Pedro Taques ainda não decidiu quando serão retomadas as obras do VLT, notadamente a sequência do assentamento dos trilhos.

7 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Elifas Ribeiro
    15 Abr 2015 às 19:04

    Cuidado com esse viaduto

  • Gustavo
    15 Abr 2015 às 18:56

    Eduardo Pedroso: chega de leis, pelo amor de Deus! Basta colocar placas na entrada do viaduto! Marcos Rocha: Surpreender é melhor! As obras ficaram prontas Nada obstou a abertura do campeonato. Não vejo o governador como salvador da pátria, muito pelo contrário, vejo que ele está colocando as coisas em ordem e cumprindo as promessas de campanha. Cidadão: Pare de olhar para o próprio umbigo e veja que o problema está instalado em toda a cidade. O trânsito está um caos e eu passo por baixo daquele viaduto todos os dias para chegar no trabalho. Não está ruim só pra você! E mais, existem trabalhadores nestas obras, e não escravos!

  • cuiabano
    15 Abr 2015 às 18:50

    Se nâo colocar um PORTAL na entrada do viaduto barrando caminhões e ônibus,não vai adiantar nada, pois, cansei de ver caminhões super pesados, bi-trens, onibus, caminhões com 60,70 toneladas. quem hipotese alguma poderia trafegar por ali, o viaduto não tinha nenhum problema, apenas mau uso dos veiculos pesados (aquela guerra de demolição era apenas para desmoralizar o governo anterior).

  • Cidadão
    15 Abr 2015 às 18:23

    Pelo amor de Deus se Governador o senhor esta achando rápido até julho? Talvez seja porque Vossa Excelência não pega congestionamento, caso pegasse o senhor determinaria que os trabalhos fossem mais acelerados inclusive nos finais de semana.

  • Marcos Rocha
    15 Abr 2015 às 18:16

    Estava escrito, cria se um monstro, fala se que a obra iria cair e que foi feito mal feito e que iria durar um ano para recuperar. Agora ja vem a noticia que vai ser entrgue antes do prazo, que bonito, Isso já foi feito na obra da Arena Pantanal, Fizeram terrorismo, disse que não iria ter o campeonato porque as obras estavam tudo irrregular e que não conseguiriam recuperar em tempo habil para o começo do campeonato, Depois como se, num passe de magica, em uma semana a EQUIPE do pedro, resolveram tudo e trouxeram de volta a Arena Pantanal, só faltou colocar um plaquinha "quem salvou a arena pantanal foi o pedro" kkkkk, isso é bem Pedro taxi

  • Eduardo Pedroso Rondon
    15 Abr 2015 às 18:05

    Agora tem que criar uma lei que proibe ônibus e caminhões passarem pelo viaduto , e que esses façam o retorno na entrada da Morada do Ouro... Caso contrário vai dar problema ja ja...

  • Oscar
    15 Abr 2015 às 17:56

    Viu!? Como ao invés de ficar só reclamando e comparando tem que fazer andar Pedro Taques

Sitevip Internet