Olhar Direto

Segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

Notícias / Cidades

Pai se arrepende de comprar leite e mata esposa por R$ 200 para comprar drogas

Homem assassina esposa e esfaqueia filha por causa de R$ 200 em drogas

Da Redação - Rodrigo Maciel Meloni

22 Jun 2013 - 08:43

Foto: Reprodução / Ilustração

Homem assassina esposa e esfaqueia filha por causa de R$ 200 em drogas

Homem assassina esposa e esfaqueia filha por causa de R$ 200 em drogas

Um crime bárbaro foi registrado na final da noite de quarta-feira (19) em um distrito próximo a Aripuanã, município localizado a 1.010 quilômetros de Cuiabá. O jovem Josiel da Silva Santos, de 24 anos, teria executado a esposa, Derly Guedes de Assis, 28 anos, por causa do vício em entorpecentes.

Menina de oito anos morre atropelada por caminhão e irmã fica ferida

Jovem é presa com drogas em fraldas descartáveis na estrada de Barão de Melgaço

Arrependido de ter dado à esposa a quantia de R$ 200 para que esta comprasse leite para o filho deles, de apenas 01 ano, Josiel voltou à residência e exigiu que a esposa devolvesse o valor.

Diante da negativa, Josiel desferiu vários golpes de faca contra a vítima, que faleceu no local. O filho de 01 ano de idade do casal, que estava no colo da mulher, foi atingido. O crime aconteceu na frente dos três filhos do casal. Além do bebê de 01 ano, haviam mais duas crianças no local: uma de 04 e outra de 06 anos.

O irmão do acusado de assassinato, identificado como Josimar da Silva Santos, foi preso suspeito de ter atuado como cúmplice. De acordo com a assessoria da Polícia Civil, Derly conseguiu escapar e fugiu da casa com a filha de um de idade no colo correndo em direção a um posto da Polícia Militar.

Contudo, foi alcançada pelo companheiro que estava armado com uma faca de cozinha. Ao alcança-la, atingiu-a com seis golpes no braço e região do tórax, sendo que uma dos golpes atingiu o braço da criança.

Derly morreu no local. O bebê foi socorrido e passa bem. Os acusados se apresentaram um dia depois do assassinato e confessaram o crime. Josiel foi autuado como autor e seu irmão, Josimar, como co-autor.

Ambos foram encaminhados para a Cadeia Pública.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet