Olhar Direto

Sexta-feira, 04 de dezembro de 2020

Notícias / Política MT

Valtenir alerta sobre derramamento de sangue na gleba Suiá Missú

De Brasília - Vinícius Tavares

12 Dez 2012 - 15:18

Foto: José Medeiros/Olhar Direto

Valtenir alerta sobre derramamento de sangue na gleba Suiá Missú
O deputado federal Valtenir Pereira (PSB-MT) alertou o presidente da república em exercício, Michel Temer (PMDB), sobre o risco de haver derramamento de sangue entre os ocupantes da gleba Suiá Missú e integrantes da Força Nacional de Segurança que executam ação de despejo na região a ser transformada em reserva indígena Maraiwatsede.

O parlamentar, que integrou a comitiva da bancada federal que reuniu-se com Temer na noite de terça-feira (11.12), em Brasília, disse ao presidente que o Brasil corre o risco de ficar cum a imagem arranhada diante da comunidade internacional devido à decisão do governo federal de promover a desintrusão das famílias.

Temer tem reunião com ministros e pode evitar despejo em Suiá Missú

"Eu disse a ele que a comunidade internacional está atenta ao problema. Estamos correndo o risco de deixar ocorrer derramamento de sangue. O conflito já começou. Já tivemos incidentes entre a polícia e os moradores que não querem deixar a área", revelou.

Pontes serão fechadas em Barra do Garças às 15 horas desta quarta-feira

Ao presidente interino, Valtenir elogiou a presidente DIlma Rouseff e do próprio Michel Temer pela condução do governo federal, mas pediu atenção e uma solução para evitar derramamento de sangue na região, já que os moradores estão dispostos a resistirem à desocupação da área iniciada no final de semana.

"Disse também que este conflito pode se tornar uma mancha de sangue na presidência da república. Não pode a presidente Dilma e o seu vice-presidente deixarem isso acontecer, sob pena de mancharem a imagem do Brasil no âmbito internacional. A solução só depende da presidência da república", ressaltou.

Michel Temer tem reunião nesta quarta-feira com os ministros da Justiça, José Eduardo Cardozo, da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e com o advogado Geral da União (AGU), Luiz Inácio Adams, para buscar mais informações sobre o caso.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet