Olhar Direto

Terça-feira, 22 de junho de 2021

Notícias | Cidades

Mais um

Azul suspende voo direto entre Rondonópolis e Campinas

Foto: Reprodução

Azul suspende voo direto entre Rondonópolis e Campinas
A Azul Linhas Aéreas continua a suspender rotas de sua malha aérea. Desta vez, Rondonópolis foi quem perdeu uma importante ligação. A empresa anunciou que irá cancelar a rota direta entre a cidade do interior mato-grossense e Campinas (SP). Agora, os usuários da companhia têm de fazer conexão em Cuiabá para seguir a outros destinos.

Leia mais:
Azul aumenta frequências e terá dois voos diários para Alta Floresta; passagens a partir de R$ 89,90
 
Em nota, a Azul informou que “a partir de 1 de março, deixará de atender o mercado de Rondonópolis a partir do aeroporto de Campinas. O motivo é um ajuste de malha que será efetuado pela companhia. Os voos entre Cuiabá e Rondonópolis permanecem inalterados”. As viagens eram realizadas pela aeronave Embraer 190.
 
A companhia ainda explica que “os clientes que adquiriram passagens para voos após esta data serão reacomodados em outras operações da Azul ou terão reembolso integral. A companhia lamenta eventuais transtornos ocorridos a seus Clientes”. Recentemente, a Passaredo Linhas Aéreas fez alterações em sua malha aérea no Aeroporto Maestro Marinho Franco, em Rondonópolis. A companhia informou que ocorreram mudanças no trecho entre Ribeirão Preto/Rondonópolis que passaram a ser operados as segundas, quartas e sextas-feiras.
 
O aeroporto de Rondonópolis tem sofrido diversas críticas, principalmente dos usuários. Nos últimos dias, o prefeito Percival Muniz (PPS), anunciou a compra de aparelhos que auxiliam na aproximação e decolagens do aeródromo.
 
Passageiros de um voo da empresa Passaredo que desembarcou em Rondonópolis na noite de sexta-feira, 08 de janeiro, passaram por momentos de apreensão, após a aeronave atingir uma lavoura de soja e romper uma cerca de arame farpado ao tentar pousar no Aeroporto Maestro Marinho Franco. O voo vinha de Brasília (DF).
 
O voo 2330, em decorrência as condições meteorológicas, teria atingindo a lavoura e a cerca de arame em uma tentativa de pouso em Rondonópolis, onde foi necessária a realização de uma arremetida. As primeiras informações obtidas pelo Olhar Direto seriam de que a aeronave teria pousado na plantação, localizada na cabeceira Sul do aeroporto.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet