Agro Olhar

Segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Notícias / Logística

MAP Linhas Aéreas planeja ligar Cuiabá a Sinop e Manaus a partir de outubro

Da Redação - Wesley Santiago

18 Abr 2017 - 11:22

Foto: Reprodução

MAP Linhas Aéreas planeja ligar Cuiabá a Sinop e Manaus a partir de outubro
A MAP Linhas Aéreas deve aumentar ainda mais a sua presença em Mato Grosso. Em entrevista exclusiva ao Olhar Direto/Agro Olhar, o diretor da companhia, Décio Assis, explicou que a intenção da empresa é ligar Cuiabá a Sinop, Alta Floresta, Itaituba (PA) e Manaus (AM) a partir de outubro. Ele ainda comentou que a ‘rota da soja’ influenciou na entrada da empresa no Estado.

Leia mais:
MAP amplia atuação em MT e anuncia voo entre Sinop e duas capitais; veja quais
 
“Nós estamos avaliando fazer Sinop e Cuiabá. A capital mato-grossense terá ligação com estas cidades. A rota será Manaus (AM), Itaituba (PA), Alta Floresta, Sinop e Cuiabá. Depois, a aeronave faz a rota inversa. Esta é uma malha ainda sendo formatada para acontecer a partir de outubro”, disse o diretor da companhia.
 
A ligação de Cuiabá e os outros municípios supracitados, com exceção de Sinop, a Sorriso também está sendo avaliada: “Estamos medindo a demanda, mas também pode acontecer em outubro. A intenção é colocar os nossos ATR-72 [com capacidade para 66 passageiros] para operar estas rotas, mas podemos também utilizar o ATR-42, que tem capacidade menor”.
 
Décio explica que “a razão [para a entrada em Mato Grosso] é o desenvolvimento da região, que é a rota da soja. O fato de não ter nenhuma ligação desta região com o norte, para onde ela escoa e é um lugar em que há diversos portos, também facilita. Além disto, todos poderão ter acesso mais facilitado aos Estados unidos da América, em Manaus e Europa, em Belém (PA)”.
 
Início das operações
 
A MAP Linhas Aéreas solicitou à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorização para começar a operar em duas cidades mato-grossenses: Alta Floresta e Sorriso. O objetivo é interligar os municípios com Manaus (AM), Itaituba (PA), Altamira (PA) e Belém (PA). Se aprovadas, as viagens começam no dia 15 de junho deste ano.
 
Caso o pedido seja aprovado pela Anac, as viagens serão realizadas as quartas e sextas. As rotas serão operadas pelo ATR-72, com capacidade para 66 passageiros. Os pedidos foram feitos na metade de março. A intenção da empresa é começar a operar no dia 15 de junho deste ano.
 
Após solicitar a inclusão de voos entre Alta Floresta e Sorriso, a MAP Linhas Aéreas anunciou que investirá em uma terceira cidade mato-grossense. Desta vez, Sinop é quem deve ganhar ligações aéreas com o norte do país. Durante uma reunião com a prefeita do município, Rosana Martinelli (PR), o diretor da companhia, Décio Assis, afirmou que até outubro, a companhia estará operando com dois voos semanais para Belém (PA) e Manaus (AM).
 
MAP Linhas Aéreas
 
A MAP Linhas Aéreas concentra as suas operações no norte do país e atua nos principais destinos da Amazônia como: Manaus, Belém, Porto Trombetas, Parintins, Santarém, Itaituba, Altamira, Lábrea, Carauari, São Gabriel da Cachoeira, Barcelos, Tefé, Eirunepé e Coari. O modelo de aeronave escolhido pela empresa é o ATR, produzido na França e também utilizado pela Azul Linhas Aéreas, considerado um dos aviões mais eficientes para voos regionais.

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Edu
    19 Abr 2017 às 07:26

    Deveriam fazer uma rota também ligando Cuiabá x Tangará da Serra x Juina

  • eisenhower Machado medeiros
    18 Abr 2017 às 21:33

    pq a map linhas aéreas não fazem uma pesquisa em Rio verde capital do agro negócios para voos já temos a azul voos regulares todos os dias lotados

  • REVOLTADO
    18 Abr 2017 às 14:56

    POR NÃO COLOCARAM A PARTE DE COMENTARIO NA NOTICIA SOBRE A INTERDIÇÃO DA BR 070 PELOS INDIOS. TEMOS MUITO O QUE FALAR DESSES.

Sitevip Internet