Agro Olhar

Terça-feira, 26 de setembro de 2017

Notícias / Agronegócio

Conab aponta alta de 10 mi/t e produção de grãos em Mato Grosso deve chegar a 53 mi/t

Da Redação - Viviane Petroli

10 Jan 2017 - 15:45

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Conab aponta alta de 10 mi/t e produção de grãos em Mato Grosso deve chegar a 53 mi/t
Mato Grosso deve ter um incremento de aproximadamente 10 milhões de toneladas de grãos na produção da safra 2016/2017 em comparação ao que foi colhido no ciclo passado. A previsão é que entre soja, milho, algodão, feijão, arroz e girassol, principais culturas do Estado, sejam colhidos 53,008 milhões de toneladas. Somente em soja são aguardadas 29 milhões de toneladas e em milho segunda safra 21,4 milhões.

Na safra 2015/2016, Mato Grosso colheu 43,425 milhões de toneladas. O volume, inclusive, foi menor que as 51,718 milhões de toneladas colhidas na safra 2014/2015 em decorrência aos stress hídrico, que afetou, principalmente, as culturas de soja e milho.

Leia mais:
Centro-Oeste deve ser responsável por 42,5% da produção de grãos no Brasil na safra 2016/2017

As 53,008 milhões de toneladas previstas para o Estado equivalem a 24,6% das 215,2 milhões de toneladas estimadas para o Brasil nesta safra 2016/2017.

Os números são do 4º Acompanhamento de Safra Brasileira de Grãos da Companhia Nacional do Abastecimento (Conab). Segundo o levantamento, a área destinada para a produção de grãos é de 14,084 milhões de hectares. A perspectiva é que a produtividade fique em 3.764 quilos por hectare, 21,4% acima dos 3.101 quilos por hectare verificados no ciclo anterior.

A soja deverá ser responsável por 54,8% da produção de grãos de Mato Grosso nesta safra. São esperadas 29 milhões de toneladas. Já as 21,4 milhões de toneladas de milho 2ª safra deve equivaler a aproximadamente 40% da safra total do Estado.

Algodão e cereais

Em algodão em caroço são aguardadas 2,334 milhões de toneladas, das quais, após beneficiamento, devem ser obtidas 933,7 mil toneladas em algodão em pluma e 1,4 milhão em caroço de algodão.

Na cultura do arroz são projetadas pela Companhia Nacional do Abastecimento um volume de 383,3 mil toneladas, 12,6% a menos que as 438,6 mil toneladas do ciclo passado.

Em feijão são esperadas 354,4 mil toneladas, um crescimento de 51,5% ante as 234 mil toneladas do ciclo passado. Enquanto em girassol, 36,5 mil toneladas.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet