Olhar Conceito

Sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Notícias / Coach Iracema Irigaray

Relacionamentos, você os tem?

Coach Iracema Irigaray

31 Jul 2017 - 17:22

Relacionamentos, você os tem?
Hoje um consultor de São Paulo compartilhou um TED sobre um estudo de Harvard apontando o que nos mantêm felizes e saudáveis ao longo da vida. Se você pensa que é fama e dinheiro, você não está sozinho – mas de acordo com o psiquiatra Robert Waldinger, você está equivocado. 

O resultado deste estudo de 75 anos é que os bons relacionamentos nos mantém mais felizes e saudáveis. E não importa quais são eles, pessoais, sociais ou profissionais, “... sabemos que você pode sentir-se só numa multidão e pode sentir-se solitário num casamento, então a nossa segunda grande lição é que não é apenas o número de amigos que você tem, e não é se você está ou não em um relacionamento sério, mas sim a qualidade dos seus relacionamentos mais próximos que importa. 

Acontece que viver no meio de conflitos é ruim para a nossa saúde. Casamentos muito conflituosos, por exemplo, sem muito afeto, podem ser muito ruins para a nossa saúde, talvez até pior do que se divorciar. E viver em meio a relações boas e reconfortantes nos protege. Uma vez que tínhamos acompanhado nossos homens até seus 80 anos queríamos observá-los novamente na meia idade e ver se poderíamos predizer quais deles iam se tornar octogenários felizes e saudáveis e quais não iam. E quando juntamos tudo o que sabíamos sobre eles aos 50 anos, não foram seus níveis de colesterol de meia idade que previram como iriam envelhecer. 

Foi o quão satisfeitos estavam em seus relacionamentos. As pessoas que estavam mais satisfeitas em seus relacionamentos aos 50 anos eram mais saudáveis aos 80...”. Relacionar-se é uma escolha que implica em renúncias, perdão e muita paciência. Olhe para os seus relacionamentos, o que você precisa aprender para se relacionar com maior qualidade? Saber falar, ouvir, confiar, respeitar, são alguns comportamentos que podem ser desenvolvidos, mas primeiro é preciso identificar onde estão as dificuldades. Se eu fosse falar com seus pares (amigos, esposa ou marido, colegas de trabalho) ou subordinados (filhos e funcionários) o que eles me diriam sobre a sua forma de se relacionar? Faça uma lista inicialmente com 3 desafios e busque trabalha-los conscientemente. Sente que não consegue sozinho?

Busque ajuda, se esses desafios te acompanham desde a infância, terapia, se são mais recentes como uma promoção ou objetivo novo, o coaching pode lhe auxiliar. Troque a TV por um café, uma caminhada, resolva aquela briga boba que já dura meses, faça um trabalho social, etc. Quero encerrar também com citação do escritor Mark Twain “Não há tempo, tão curta é a vida, para discussões banais, desculpas, amarguras, tirar satisfações. Só há tempo para amar, e mesmo para isso, é só um instante". 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Redes Sociais

Sitevip Internet